Perfume de Jacarandá

Quem és tu. Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas? Sophia de Mello Breyner Andreson

quinta-feira, janeiro 28, 2010

Maria Helena Vieira da Silva é minha patrona

Já lá vão doze anos em visitas de estudo com os meus alunos à Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva, nas Amoreiras, em Lisboa. A memória do casal-pintor está ali eternizada. A visita, além de proporcionar momentos de prazer estético e descobertas, leva-nos a reflectir sobre a obra da pintora, de múltiplos tons e leituras, com expressão artística de grande harmonia.
Ali os alunos entendem a grandeza de Vieira da Silva e sentem orgulho em frequentar a escola com o seu nome.
É um marco da pintura em Portugal - e no mundo
A pintora casou com o pintor húngaro Arpad e o trabalho dela encantou-o. Foi ele que a incentivou a procurar novos caminhos na arte. Ambos observam a paisagem e sabem pintá-la na tela, sintonizados na forma de ver.
Recomendo vivamente a visita, não apenas pelo excelente conteúdo mas também porque é um verdadeiro espaço de excelência no ‘antigo museu da seda.’



Le Métro - Vieira da Silva
1942
Col. Metropolitano de Lisboa (Cidade Universitária)

domingo, janeiro 24, 2010

flor de açafrão

Nasceu no meio de aroeiras, medronheiros e rosmaninhos, logo vieram atraídas as borboletas.
Nascerão mais flores que atrairão mais borboletas...




foto "olho de lince"

terça-feira, janeiro 19, 2010

Escadaria

São raras as alturas em que conseguimos chegar bem ao cimo; isso não nos impede de continuarmos degrau a degrau... sempre subindo a longa escadaria; é essa busca pelo melhor, pelo sonho, pelo mar bem em frente... que quebra estes dias cinzentos.
Cada dia de chuva deixa um brilho especial... às vezes um arco- íris;
subindo talvez encontre um e descubra a magia da cor em cada pedaço do arco-íris.

sábado, janeiro 16, 2010

16 de Janeiro

Passou um ano desde que neste lugar lilás postei as primeiras linhas.

A todos os que aqui me visitam e àqueles que fazem parte da minha vida real, enquanto não chega o tempo dos Jacarandás em todo o seu esplendor e beleza , com seu manto de flores que se estendem pelo chão, deixando os passeios cobertos de lilás, ofereço-vos estas flores.

Que cada um dos passantes retire uma e leve consigo o perfume do jacarandá.
Na suavidade da flor floresce a amizade e assim haverá jacarandás floridos o ano inteiro.

quinta-feira, janeiro 07, 2010

A borboleta lilás

Foi uma atracção natural por este livro. Mão amiga que mo ‘trouxe’ adivinhou esta sensação.! Mal o comecei a ler... os sentimentos transbordaram no espaço de cada folha, nas entrelinhas das sugestões.
Um livro que são vidas, relatos de experiências.
"A Borboleta lilás aprende que a vida é o reflexo dos seus pensamentos" tal como ela tenho aprendido...
Sempre senti prazer em correr á beira mar, passear no campo apanhando flores, sempre gostei de rir; há muito tempo aprendi a ser como a borboleta lilás, uma história que passa pelas nossas vidas, no dia-a-dia, bem no fundo todos nós escrevemos um livro.
Fui voando com a borboleta que me levou para um mundo do qual não queria chegar ao fim.
Com ela senti uma correspondência de sentimentos.



Citação "E porquê a borboleta lilás?
Como sabes todas as cores são ondas vibratórias e o lilás é tido como uma cor de vibração de efeito calmante, que evoca a intuição. Em cromoterapia é considerado que o raio lilás inspira, relaxa, favorece a desintoxicação física e mental e beneficia a meditação. Lilás é uma cor aconselhada a quem sofre de angústia, exactamente por estas potencialidades. Lilás é igualmente a cor recomendada a todos que pretendem trabalhar sobre si próprios com o objectivo de transformação e auto desenvolvimento.
Convidamos-te a iniciar este voo connosco!"


E termina: " A borboleta lilás voa, voa...cresce, fortalece-se, encanta e, conquista a sua felicidade!"

Obrigada amiga esta borboleta irá fazer companhia á "Serra lilás" e vai voar feliz num ambiente povoado de perfumes...

domingo, janeiro 03, 2010

da falésia dos "Medos"

O local é de grande beleza paisagística, contemplando o mar, ouvindo o som das ondas que vêm contra as dunas. Ao longe tons sublimes deste por do sol, em final da tarde fria. No céu, as nuvens seguem o seu caminho.
Nada melhor neste primeiro dia do ano, que reencontrar-me neste lugar amigo... Sentir o vento fresco e agreste nos cabelos. ‘Olhá-lo’ e esperar os últimos minutos de sol; novos sonhos nascem, novas esperanças, novos horizontes...


(clicar para ver o por do sol)

 
Free Flower Cursors at www.totallyfreecursors.com