Perfume de Jacarandá

Quem és tu. Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas? Sophia de Mello Breyner Andreson

sábado, abril 30, 2011

Memórias com cor

Depois de umas curtas férias vem a normalidade, vem a rotina, vem o trabalho.
É sempre bom quando podemos escapar aos momentos de stress ou tédio: poder ir para um lugar bem longe, de preferência.
Estes ‘takes’ são para mim um talismã terapêutico. Lenta e suavemente, começo a lembrar-me dos aromas, da paisagem húmida e verde, da maresia subindo a encosta.
Não procurava a cor, pois ela andava por ali sempre em combinações excepcionais, incrivelmente belas e também ‘lilás’!
Estes edifícios de pedra, bem restaurados ficam retidos na minha memória: qual caleidoscópio vejo os interiores de madeira, do chão ao tecto, e continuo a vislumbrar o brilho de um arco-íris.




As cores são minha obsessão, meu divertimento e meu tormento de todos os dias.
(C. Monet)

sábado, abril 23, 2011

A partida

O dia amanheceu cinzento, o vento soprando melancólico; a chuva miudinha, -a primeira de muitos dias - escorre pela vidraça com o sabor a despedida


Mas as pétalas das flores brilham tranquilas, como tranquilo é também o verde ambiente.


Os meus pensamentos largam o cinza e levam a cor de cada dia desta terra linda, cheia de histórias e lendas .
Carrego comigo bem preenchido o meu “livro de recordações”.

(clicar nas fotos)

terça-feira, abril 19, 2011

Cork ou Corcaigh


Vive-se intensamente um dia de cada vez e aproveita-se ao máximo esta rica e deslumbrante natureza, onde pequenos chalés bem restaurados com paredes de pedra recortadas bordejam o rio Lee!


Paisagens lindas onde o verde da vegetação dá força ao sonho: inspira, e acima de tudo relaxa.
Um sol temperado com algumas nuvens de tons cinza-violeta: um local pleno de beleza que fascina!
Tento segurar a areia do tempo entre as mãos, mas ela escorre…e as férias acabam daqui a dias.

(clicar nas fotos)

sexta-feira, abril 15, 2011

Á procura de um novo perfume...



É hora de relaxar e fazer uma pausa na correria diária.
Procuro o verde, onde tudo é verde; o 'Eire' é verde e o trevo também e eu parto em busca de um arco-íris de sensações.


"Wherever you go and whatever you do, may the luck of the Irish be there with you." - Irish Blessing.

sexta-feira, abril 08, 2011

Coisas simples

Abri a janela e vi este botão de rosa abrindo delicadamente; a cor é suave e o sol ainda não brilha intensamente nela mas, o perfume já invade o ambiente. Bonito o veludo das pétalas! Até os espinhos têm algo de delicado. Esta rosa é vulgar mas é importante porque é a minha rosa, e é única e especial, por ser a ‘primeira’ a me sorrir nesta Primavera; faz-me sentir tranquila e encanta!

"Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar em milhões de estrelas, isso basta para que seja feliz quando a contempla." Antoine de Saint-Exupéry

sábado, abril 02, 2011

O jardim do “Kafka”

O jardim é como o “Kafka” hibernado, que lentamente desperta ao som da passarada, dos aromas e sobretudo do calor.


Debaixo da terra bolbos adormecidos continuam com as raízes activas; cada dia a ponta de uma folha vai saindo; vejo um botão de rosa, e tento adivinhar qual a cor da flor, a textura das folhas.
Este espaço de terra, é a prova da corrente de vida que se encontra abaixo da superfície. Vai-se sentindo a Primavera. Cresce a vontade de continuar em frente e viver com mais prazer um dia de cada vez...


(retocar a pintura do K na carapaça do Kafka é urgente, maneira segura de o descobrir no jardim).
 
Free Flower Cursors at www.totallyfreecursors.com