Perfume de Jacarandá

Quem és tu. Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas? Sophia de Mello Breyner Andreson

quarta-feira, abril 25, 2012

Aromas de cá


Quando abro a porta do jardim é esta a vista que se apresenta : Debruçado sobre o muro branco com aroma suave e penetrante, a flor simples-branca do jasmineiro por mim plantado alguns anos atrás. Algumas notas musicais de aves saltitando... ou apenas o silêncio. Momentos perfumados e coloridos que se revelam. Este é o Jasminum grandiflorum L., li algures: originário do Nepal, imagine-se e cujas flores, maiores e rosadas, são as únicas utilizadas no fabrico de perfumes! Diz-se que o Jasmim é uma planta de ‘Lua’, exala abundantemente o seu inebriante e delicioso perfume de forma especial nas noites de lua cheia! daí aquele aroma que enche a noite nesta época do ano. Imagens como esta podem fazer clarear e alegrar o mais escuro dos dias cinzentos …

Quase todas as melhores fragrâncias exigem uma percentagem de jasmim na sua composição, e contêm 30 a 40%, por exemplo: "Chanel N º 5" de Chanel, "Anjo ou Demônio", de Givenchy...

terça-feira, abril 17, 2012

Eu, Mondrian e Leonardo…

Desde muito nova que gosto de desenhar e observar árvores: é um exercício que muito desenvolvi com alunos. Em meia dúzia de riscos apenas, a capacidade de observação e destreza manual revelavam–se! Pode parecer fácil mas, desenhar uma árvore não é fácil, é arte, e talvez por isso Mondrian, sempre tenha pintado árvores, e Leonardo da Vinci passava horas a observá-las; tirava notas da maneira como as plantas se ramificavam e depois desenhava-as, enfim...
Em qualquer árvore, é ‘vital’ a existência de uma base; desenhar a parte do tronco é extremamente interessante; alguns são de rara beleza plástica, tanto na forma como na cor, sempre diferente a maneira como a casca se vai movendo e ‘tecendo voltas’.
Hoje cruzei-me com esta: a elegância e complexidade deste tronco de pinheiro manso fascinou-me! Registei à sec. XXI



segunda-feira, abril 09, 2012

Um refúgio…

O meu jardim tornou-se uma parte de mim:
Este espaço dá-me relaxamento, momentos criativos que me estimulam e inspiram, adicionando cor ao meu tempo livre. Sentem-se os aromas e os ritmos da Primavera.
Uma casa com jardim, horta, pássaros e borboletas, flores, céu aberto… Melros que constroem o ninho na hera de folhas matizadas; nos bambus outra passarada os invade, cada um vai cantando como ‘sabe’ cuidadosamente orquestrados, cada nota em perfeita alternância, uma verdadeira sinfonia alegre.
E não há nada melhor do que ver crescer no jardim os múltiplos bolbos de narcisos: nos últimos dias explodiram em crescimento. Serão brancos, amarelos, talvez matizados…
A cor no jardim está, de certo modo, nas nossas mãos.
Os meus dias serão agora marcados por estas cores, cheios de imagens sons e aromas...

segunda-feira, abril 02, 2012

O lilás da glicínia




Manhã de céu azul como tantas outras nos últimos dias...simplesmente, diferente porque revejo algo digno de ser pintado!
Silenciosamente inclinadas dão um ar romântico ao muro, combinando na perfeição com os verdes-primavera. Esta glicínia com diversas tonalidades de lilás, de beleza exuberante, está no auge da sua floração com um aroma fantástico!
Uma leva brisa solta algumas pétalas e cria uma suave chuva de lilás e roxo só para mim. Festejando comigo aquele instante abelhas, que levadas pelo agradável perfume, as pareciam beijar.
Estas flores estão-me na memória desde a infância, na casa onde nasci e trazem-me tantas recordações…
Os lindos cachos acompanham-me agora em casa da minha irmã mais velha na “Aldeia-Lar” na casa das portadas azuis.
Todos os anos as visito e regresso ao passado…

 
Free Flower Cursors at www.totallyfreecursors.com