Perfume de Jacarandá

Quem és tu. Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas? Sophia de Mello Breyner Andreson

quarta-feira, fevereiro 27, 2013

Relíquias



Com vista pró mar, escolheu um bom lugar para nascer e viver... beleza simples e singela, podendo parecer um lugar comum!
Foi assim num dos meus momentos partilhados com a Natureza; calcorreando campo- dunas que encontrei esta flor da qual desconheço o nome. Vale a beleza.
Protegida por um velho tronquinho apodrecido espreitava, saboreando os últimos raios de sol.
Cor-de-tronco com a cor de areia, com salpicos-rosa sobre tela neutra!




terça-feira, fevereiro 19, 2013

Sábado de Inverno…





 O mar calmo,  luz fraca em final da tarde.
Tarde pálida de Inverno com o cinzento do céu carregado e o mar-silêncio!  Desfruto  desta  paz enquanto caminho ao longo da praia quase deserta, pensando-ouvindo-em-silêncio o som  das ondas.
Fundamentais estes lugares calmos e especiais com o cheiro a maresia, sussurros de mar.
Foi o que trouxe nesta tarde de sábado : guardo’ o momento e guardo religiosamente as ‘ofertas do mar’.



sábado, fevereiro 09, 2013

Brancos


Tão leve e tranquilizante!
A cor branca, é a soma de todas as cores, incomparavelmente pura. Representa a paz, também  o conforto.

Assim é  a cor da flor do ‘algodão’, que se esforça por abrir no meu jardim.


 Assim é o malmequer que floriu no Inverno.



Uma curiosidade: Pitágoras, acreditava que a cor branca continha, além de todas as outras cores, todos os sons…






 
Free Flower Cursors at www.totallyfreecursors.com