Perfume de Jacarandá

Quem és tu. Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas? Sophia de Mello Breyner Andreson

quinta-feira, maio 30, 2013

“Once upon a time…”



Era uma vez um sorriso cheio de cores
Azul, Lilás, Paixão...
Como se a lua nascesse em seus abraços...
Era uma vez uma voz que brincava no ninho
Enquanto desenhava uma estrada com canções
Uma estrada de singeleza e simpatia

Era uma vez um coração de mulher
Transcendendo almas e silêncios
Transbordando contos e flores..."

(Andreson Falcão)


quarta-feira, maio 22, 2013

O meu castelo…




"Falta-me o meu castelo cheio de sol entrelaçado de madressilvas em flor; falta-me tudo o que eu tinha dantes e que eu nem sei dizer-te o que era... É a história da minha tristeza. História banal como quase toda a história dos tristes.»

(Florbela Espanca)




domingo, maio 12, 2013

Momentos




Aprendi a abrandar, a parar, a apreciar o nascer ou o pôr do sol, a ouvir o som tranquilo da chuva no telhado ou o vento através das árvores. Aprendi que podemos escolher: se queremos ver a cores ou apenas preto e branco. Viver a cada  momento é uma experiência libertadora,  relaxante ...
Assim e aqui por exemplo!






quarta-feira, maio 01, 2013

“a minha rosa”- mais um ano






 É mesmo única e especial, todos os anos me desafia a fotografá-la e a festejá-la. É sempre a primeira a chegar. Degradê em suaves tons de amarelos, branca nas extremidades! A sua delicadeza, o perfume, o veludo das pétalas... até os espinhos são quase invisíveis.
Esta rosa deixou de ser a minha rosa.  
Partilho-a, aqui a deixo e com a profundidade devida:

"Foi o tempo que perdeste com tua rosa que fez tua rosa tão importante"
A. Saint-Exupéry




 
Free Flower Cursors at www.totallyfreecursors.com