domingo, janeiro 03, 2010

da falésia dos "Medos"

O local é de grande beleza paisagística, contemplando o mar, ouvindo o som das ondas que vêm contra as dunas. Ao longe tons sublimes deste por do sol, em final da tarde fria. No céu, as nuvens seguem o seu caminho.
Nada melhor neste primeiro dia do ano, que reencontrar-me neste lugar amigo... Sentir o vento fresco e agreste nos cabelos. ‘Olhá-lo’ e esperar os últimos minutos de sol; novos sonhos nascem, novas esperanças, novos horizontes...


(clicar para ver o por do sol)

34 comentários:

Milu disse...

Uma foto de uma beleza extraordinária, embora se adivinhe o frio, mas até esse faz parte da paisagem.

Anónimo disse...

Gostei. Do pôr do sol, desse apelo turbolento das ondas, da nostalgia de repetidos momentos mas acima de tudo - do recomeço. Com força, com esperança e com o amor que invade o coração.
Parabéns.
Tia Elsa

maria teresa disse...

E uma sensação de paz envolve-nos no seu manto... é aquilo a que eu costumo chamar um momento mágico.
Abracinho

Mona Lisa disse...

Olá

Fizeste-me divagar...

Uma foto de sonho!

Bjs.

Fa menor disse...

Que esse início de ano assim colorido se estenda por todo o Ano!

Bjins

Rita disse...

Parece um encontro secreto com o sol que, antes de se esconder, nos diz os seus segredos e escuta as nossas confidências.
Consegues com as tuas imagens faladas acordar sensações secretas cá bem no fundo.
São momentos únicos!

Bjs e uma boa semana!
Rita

Pena disse...

Maravilhosa Amiga:
VOCÊ fascina em tudo o que faz.
Um sensível e enternecedor Post para sonhar.
Aqui, tudo jorra ternura, encanto e beleza.
Parabéns pelo extraordinário Post.
Adorei, pela calma e pacatez que irradia o seu notável e magistral talento expresso de forma linda e perfeita.
Beijinhos amigos de um respeito imenso.
Sempre a admirar o que "confecciona" com ternura GIGANTE.

pena

Linda...!
Bem-Haja, encanta quem aqui passa.

A Magia da Noite disse...

há sítios mágicos onde gostamos de voltar.

Justine disse...

Quem dera que esse beleza insuperável que mostras fosse sinal de melhoria das vidas que andam tristes e sem saída...
Beijo

clic disse...

Liiiiiindo!... :)

Lilazdavioleta disse...

Olá Lilá ( s ),

linda a foto .
São estes momentos de descoberta e paragem que nos dá a energia necessária , para os outros .

Que continues com os olhos e o coração abertos a estas belezas .
Só podes ...

Beijinho,
Maria

Susaninha disse...

QUE LINDO...
Sem palavras...
GRANDE SORRISO P.TI:)

Vicktor disse...

Querida Lilá(s)

Com tamanha sensibilidade descreves esse paradisiaco local...

Tonalidades de verde
Pinheiros mansos e bravos
Aroeiras
Medronheiros
Acácias que vão florir
De fulgente dourado
Transporta no sonho
O céu de outro mar

As falésias cobreadas
O mar azul
De tamanha exuberância
Artística sensibilidade
Miríades de cambiantes
Inesgotável imaginação
Tentação irresistível
Infinita de um olhar


Beijinhos.

Anónimo disse...

Princesa sempre com a tua sensibilidade a encantar!
Beijo
TL

Pedrasnuas disse...

DEVERIA CHAMAR-SE FALÉSIA DOS SONHOS..
ESSA MÚSICA DAS ONDAS CONTRA AS DUNAS...
DAS NUVENS A TRILHAREM O SEU CAMINHO ...
O VENTO FRESCO...

QUE SENSAÇÃO DE LIBERDADE E DE ESTREITOS LAÇOS AFECTIVOS COM A NATUREZA

BEIJO

Chica disse...

Pude ouvir o barulho, o som da água batendo , do vento soprando e deliciar-me no sol lindo!MARAVILHOSO! beijos,tudo de bom,chica

MagyMay disse...

Convém ver o mar, no primeiro dia do ano, sabias?
Parabéns pela fotografia, Lilá(s)

Beijinhos

tulipa disse...

As nuvens seguem sempre o seu caminho indiferentes ao resto...
Para onde irão elas?
Belas paisagens como sempre...
um abraço
tulipa

Anónimo disse...

És lilás, só não sei se serás princesa ou fada...
Um Bom Ano colega
Bjs

VANUZA PANTALEÃO disse...

Amiga,
Ando precisando muito de um momento mágico como esse e agora, mesmo virtualmente, você nos proporcionou tudo isso.

Obrigada, Elisa!
A lágrima já secou...

Adoro vir aqui!!!Bjsss

MZ disse...

Cada dia que passa é mais um na nossa vida, enfrentamos a realidade do tempo que não pára. Olhamos o espelho e bem escondidinha brilha uma madeixa de cabelo branco.
É bom envelhecer juntamente com o Mundo, fazer parte do tempo e das maravilhas que a natureza nos oferece...
Depois, descobrimos que o calendário também existe para nos renovar e junto com cada novo ano vêm sempre mais sonhos e mais esperanças...
É bom saber que o nosso caminho segue em frente ainda que pelo meio tenhamos de enfrentar alguns medos!

Adorei o seu perfume de Jacarandá...

beijinhos

Dalva disse...

O melhor desses dias é o retorno e o reencontro que temos com lugares assim...

Bjs.

O Cantinho da Mimi disse...

Lindo, lindo, lindoooo
Beijinhos*

Teresa disse...

É um lugar que me traz imensas e boas recordações!
Bjs

Mona Lisa disse...

Olá

Agradeço e retribuo o bom dia de Reis!

Bjs.

Mada disse...

Por isso digo que não se precisa de muito para ser feliz, basta olhar e saber enxergar!Você sempre linda!

bjsss

Apenas eu disse...

Lindo o por do sol. Apreciar os momentos da vida, momentos esses que somados fazem da vida um lugar bonito para se viver. embora quanto a mim essa beleza vem de dentro ou se tem ou não...
e tu tens.

Bom ano!
beijinhos

Méon, disse...

Em Santa Cruz, T Vedras, há um poema escrito num monumento dedicado ao poeta japonês Kazuo Dan, que ali passou dois anos que o encantaram.

É um haiku (O haiku é a arte de dizer o máximo com o mínimo. Cada haiku capta um momento de experiência, um instante em que o simples subitamente revela a sua natureza interior e nos faz olhar de novo o observado, a natureza humana, a vida.):

«Ah! Belo sol poente!
Pudesse eu ir buscar-te
ao fim do mar!»

Belo sol poente, o teu, Lilás!


Bj

Méon, disse...

Desculpe voltar aqui, mas é para ser mais rigoroso.
No comentário anterior fiz referência a um Haiku de Kazuo Dan, na Praia de Santa Cruz.
Se quiser ver melhor do que se trata, bem como a forma exacta do poema ( que eu tinha escrito de cor, incorrectamente!), visite o meu poste de 21-8-2006, ou siga o endereço desse poste, que deixo aqui.


http://lugaronde.blogspot.com/2006/08/kazuo-dan-um-poeta-em-santa-cruz.html

Fique bem! E divirta-se com as Janeiras, como eu espero divertir-me no dia 8, pois faço parte do Grupo Coral Gaudeamus.

BJ

Maria Clarinda disse...

(...)Nada melhor neste primeiro dia do ano, que reencontrar-me neste lugar amigo... Sentir o vento fresco e agreste nos cabelos. ‘Olhá-lo’ e esperar os últimos minutos de sol; novos sonhos nascem, novas esperanças, novos horizontes...


Este texto está muito bonito, nada realmente como estar e começar o primeiro dia de um novo ano....
Jhs muitos

poetaeusou . . . disse...

*
amiga
ofereço-te,
,
volta sol
espero-te no ventre da manhã
suspiros de desperto amanhecer
no cristal da secreta madrugada
volta sol
sentinela do espaço metafísico
frincha sibilina transcendente
partícula geométrica dos olhares
volta sol
janela franqueada do horizonte
fornada dos desejos consentidos
pirilampo da avermelhada liberdade.
,
conchinhas,
,
*

Isamar disse...

Uma paisagem de perder a respiração. Magnífica fotografia.

Bom Ano

Beijinhos

Bem-haas!

mfc disse...

Que fotografia magnífica!
Gostava de estar ali a ver o mar.

Sara disse...

A paisagem nesta foto é realmente bela. Quem dera a nós mandar desta falésia, todos os nossos medos...