Perfume de Jacarandá

Quem és tu. Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas? Sophia de Mello Breyner Andreson

quinta-feira, setembro 01, 2011

Papoilas



A paixão pela Natureza e o gostar particularmente de papoilas são um aspecto em comum com Monet !
A papoila selvagem, livre, transmite-nos a sua beleza muito própria: basta determo-nos e olhar, e deixá-la viva! Se a colhermos ela morre pouco depois. É bom caminhar pelos campos e vê-las! Bonitas e leves, de cor bem intensa, sabem escolher o local onde querem viver, em liberdade!
Nunca vi Agosto chegar ao fim com elas ainda floridas!
Foi uma ‘benesse’ da natureza para mim….

55 Comentários:

  • Às 1 de setembro de 2011 às 21:39 , Blogger Mona Lisa disse...

    Olá

    Adoro-as!

    Frágeis,belas, efémeras, mas LIVRES!

    Bjs.

     
  • Às 1 de setembro de 2011 às 21:44 , Blogger Rosa dos Ventos disse...

    Pois há muito que não as vejo por aqui...e tenho pena porque também gosto delas, assim rubras, assim frágeis!

    Abraço

     
  • Às 1 de setembro de 2011 às 21:48 , Blogger Flor de Jasmim disse...

    Lilá(s) minha querida
    Vivo numa quinta no campo onde tenho em frente da quinta um enorme horizonte km de terras que não são cultivadas e todos os anos cheio de papoilas que adoro ver.
    Beijinho muito grande

     
  • Às 1 de setembro de 2011 às 23:33 , Blogger ✿ chica disse...

    Acho essas flores muito lindas e que bom que ainda estão nos campos pra te alegrar.

    Um beijo, obrigado pelo carinho nos blogs,chica

     
  • Às 1 de setembro de 2011 às 23:47 , Blogger Paloma disse...

    Linda imagem. Parece verdadeira.Cor vibrante e intensa.
    Que beleza!

    Beijos

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 00:34 , Blogger São disse...

    Adoro papoilas!!

    Acho-as lindaaas.

    Uma excelente noite

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 00:53 , Blogger Malu disse...

    E Monet sabia de tudo!!!
    Principalmente da incidência das luzes sobre a natureza...
    Linda imagem.
    Abraços amiga e sempre feliz pelo seu carinho.
    Isto preenche-me o coração - o carinho dos amigos reais e virtuais...

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 01:34 , Blogger Graça Pereira disse...

    Adoro papoilas...parecem que tem pétalas de papel, frágeis, coloridas e belas. Este ano, vi poucas mas, as que vi deram-me aquela sensação de liberdade e de pão! Porquê? Não sei!
    Um beijo amigo.
    Graça

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 01:53 , Blogger Sonhadora disse...

    Minha querida

    Quando vejo uma papoila volto a ser criança...volto a ter fitas nos cabelos...volto às raízes.
    Uma papoila faz-me lembrar o meu Alentejo e dá-me para isto (nostalgia).

    Deixo um beijinho com carinho
    Rosa

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 02:46 , Blogger MARILENE disse...

    Flores são tão bem vindas! E essa que postou está linda, cheia de vida. Sua fragilidade transparece, realmente,mas enquanto vivas, nos trazem beleza.

    Bjs.

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 07:53 , Blogger sandrafofinha disse...

    muito bonita a foto,muito bem captada. eu confesso que nunca vi papoilas em agosto mas são flores muito belas e bonitas. feliz sexta-feira e bom fim-de-semana querida amiga. beijinhos.

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 10:39 , Blogger Justine disse...

    Este verão foi muito atípico, mas teve coisas boas, como deixar-nos as flores do campo frescas e vivas por mais tempo!

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 11:23 , Blogger Lilazdavioleta disse...

    Lilá(s) ,

    até a natureza quis ser amorosa contigo .

    A papoila é bela , alegre ,delicada , mas livre na sua fragilidade .
    Era tão bom termos todos um pouco disso .

    Beijinhos

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 12:33 , Blogger Vivian disse...

    Bom dia,Lilá(s)!!

    Que linda!!Nunca vi uma ao vivo...só em pinturas e fotos!!deve ser mágico!! Nossa...posso sonhar com isso...caminhar por um campo cheio delas!!!Ah!!
    Adoro Monet!!E Renoir!!Gosto muito dos impressionistas!!
    **Adoro suas visitas!!Obrigada por sempre compartilhar conhecimentos e vivencias!!!Pra mim estes são o verdadeiro tesouro do mundo!
    Beijos!!

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 21:30 , Blogger Lena disse...

    Lilá(s)
    Lembro-me de ter visto um filme sobre a guerra do Vietnã, e o que contrastava com tantas tristezas eram lindos campos de papoulas!!!!Bjs e um ótimo final de semana!

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 21:31 , Blogger Lena disse...

    Lilá(s)
    Lembro-me de ter visto um filme sobre a guerra do Vietnã, e o que contrastava com tantas tristezas eram lindos campos de papoulas!!!!Bjs e um ótimo final de semana!

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 23:09 , Blogger Lídia Borges disse...

    São de uma delicadeza tal que nem a exuberância da cor perturba.

    Um beijo

     
  • Às 2 de setembro de 2011 às 23:51 , Blogger Mz disse...

    As papoilas fazem-me lembrar a minha infância. Transmitem-me sempre boas energias.

    É uma linda fotografia!
    Bjs

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 00:00 , Blogger CarlaSofia disse...

    boa noite, as papoilas são flores frágeis mas belas e alegram a paisagem. já não passava por aqui há algum tempo, soube bem voltar*

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 00:13 , Blogger Manuela disse...

    Querida Lilá(s), as papoilas fazem parte das minhas memória infantis. Lembra-me de fazer grandes ramos de papoilas e ficar muito triste por elas murcharem tão rapidamente, quando colhidas...
    Por aqui não existem muitas...
    Beijinhos e bom fim de semana. :)

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 00:28 , Blogger Maria disse...

    Sempre gostei muito de papoilas.
    Amiga, deixei no meu cantinho “SELINHOS – Presentes dos AMIGOS” - http://maria-selinhos-presentesdosamigos.blogspot.com/ - um miminho especial é o Selo “Este Blog eu Recomendo” o seu cantinho merece pois é um espaço onde a qualidade e o bom gosto estão sempre presentes em todos os posts.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 01:28 , Blogger AFRICA EM POESIA disse...

    Como tu...adoro papoilas...


    Ser amigo
    E muito importante para mim...
    A amizade é algo que devemos cuidar com muito carinho e regar todos os dias como se de uma flor se tratasse.

    Pelo meu amigo eu vou até ao inferno.

    Um amigo e um livro dois amores...
    que são um pouco de mim...
    beijos..

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 02:48 , Blogger alegria de viver disse...

    Olá querida

    Papoilas são lindas, um campo cheio é como um quadro pronto.

    Com muito carinho BJS.

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 10:09 , Blogger Isamar disse...

    Tens um desafio no meu blogue. Podes responder ou não se assim o entenderes.

    Beijinho

    Bem-hajas!

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 12:34 , Blogger Fa menor disse...

    A Natureza sempre a surpreender-nos!...
    :)

    Bjs

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 12:46 , Blogger Elisa T. Campos disse...

    Lilá(s)

    Um encanto. A sua sensibilidade em associar a flor com Monet.
    Um presente que você nos oferece sem colher.

    bjs

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 14:26 , Blogger Everson Russo disse...

    Um sábado cheio de carinho e muita poesia pra ti minha amiga querida...beijos e beijos.

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 15:02 , Blogger tulipa disse...

    Olá LILA,

    QUE LINDO!!!
    AS PALAVRAS e a PAPOILA.

    Desculpe, mas não pude vir antes.
    Estive de férias e fora de Portugal.
    Vim dizer que já pode lá passar e ver as novidades que trago.

    Obrigado por ter gostado do meu "poema":
    "Eu Sonho com o mar ou o rio",

    Obrigada pela dádiva.
    Beijos.

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 19:57 , Blogger mfc disse...

    Lindíssima!
    Ainda há tempos publiquei uma foto de umas.
    Nem imaginas como gosto delas.
    Obrigado e mil beijinhos.

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 20:21 , Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

    Eu também gosto muito de papoilas,
    portanto temos algo em comum.
    Tudo bem consigo? Desejo muito
    que sim.Beijinho/Irene

     
  • Às 3 de setembro de 2011 às 23:56 , Blogger Andradarte disse...

    As flores são para ser admiradas e
    conservadas....Adoro ver um campo
    de papoilas...
    Beijo

     
  • Às 4 de setembro de 2011 às 03:19 , Blogger Braulio Pereira disse...

    olá amiga

    que lindas sâo vermelhas as que mais, mas encontramos brancas e rosaceas..


    alegria nos campos e ao nosso olhar


    beijos!!

     
  • Às 4 de setembro de 2011 às 03:56 , Blogger 。♥ Smareis ♥。 disse...

    Que linda papoila selvagem, a natureza me encanta.Desejo um ótimo fim de semana cheio de coisas especiais. Beijo grande!

    Smareis

     
  • Às 4 de setembro de 2011 às 11:29 , OpenID nacasadorau disse...

    Adoro papoilas... e de camimhar, sobretudo se subir montes e colher os aromas da urze, da carqueja e de estevas selvagens.

    Um Domingo cheio de tudo que te faz bem.
    Um braçado de paloilas que não tenho.

    Beijinho

     
  • Às 4 de setembro de 2011 às 16:36 , Blogger Vieira Calado disse...

    E as papoilas no meio dos trigais,

    como era em tempos, no Alentejo!

    Tempos que já não voltam!


    Bjsss

     
  • Às 4 de setembro de 2011 às 22:47 , Blogger elvira carvalho disse...

    Que beleza. Adoro papoilas.
    Um abraço e uma boa semana

     
  • Às 4 de setembro de 2011 às 23:56 , Blogger AVOGI disse...

    adoro-as: singelas, vermelhas e corajosas por nascerem num campo amarelo
    kis :=)

     
  • Às 5 de setembro de 2011 às 13:08 , Blogger Peônia disse...

    Que papoula linda essa!
    Parabéns pelo post, lindo como sempre!
    Beijos!

     
  • Às 5 de setembro de 2011 às 15:00 , Blogger ⓜ. disse...

    Tenho a sorte de viver no campo sabe... e vê-las crescer no quintal! Não sei porquê, são as papoilas e não os cravos, que me fazem lembrar o 25 de Abril! :D

     
  • Às 5 de setembro de 2011 às 16:44 , Blogger Flor de Lótus disse...

    Oi,lilá!Nossa que flor mais linda, cor intensa e pel ovisto ela tem sede de vida.
    Uma ótima semana!
    Beijossss

     
  • Às 5 de setembro de 2011 às 18:15 , Blogger Li Dias disse...

    A beleza está realmente em deixá-las livres.Mania a nossa de nos apossarmos de tudo q gostamos.
    "Aprisionar a beleza é uma forma de desintegrar a sua essência." e perde-las.
    Estão lindas...lá!
    Bjs

     
  • Às 5 de setembro de 2011 às 22:37 , Blogger maria teresa disse...

    São lindas!
    Eu tendo a felicidade de ter o meu Refúgio numa aldeia,assim consigo quase todos os dias contemplá-las!
    Abracinho meu!

     
  • Às 5 de setembro de 2011 às 23:23 , Blogger Xana disse...

    Talvez a minha flor selvagem preferida... Adoro aqueles campos enormes, cheios de papoilas... é lindo..
    beijinhos

     
  • Às 6 de setembro de 2011 às 00:45 , Blogger Viviana disse...

    Olá, Lilá(S)


    Fala de papoilas...
    Quanto eu as aprecio minha amiga!

    Ainda há pouco tempo, num campo aqui perto do "rio" reparei num grupo delas, talvez, sem exagero umas seis ou sete, juntas.
    Parei com as minhas netas para as olhar bem.
    É como diz, não precisamos de as cortar ou apanhar, basta olhá-las e quando muito, com todo o cuidado tocar as suas pétalas...
    Despertam em nós sentimentos muito bonitos.
    Obrigada por partilhar este belo texto connosco, amiga.
    Um beijo
    viviana

     
  • Às 6 de setembro de 2011 às 12:48 , Blogger Evanir disse...

    VIAJAR PELO MUNDO
    E TIRAR DESSAS AVENTURAS LIÇÕES
    QUE AMPLIAM SUA VISÃO DE FELICIDADE.
    OU FAZER UMA VIAGEM DENTRO DE VOCÊ MESMO
    VERÁ QUANTO VOCÊ PODE SER FELIZ
    COM O AMOR QUE EXISTE DENTRO DE VOCÊ.
    E SER FELIZ FAZENDO FELIZ A TODOS AO SEU REDOR.
    UMA ABENÇOADA TERÇA FEIRA
    PAZ AMOR E LUZ.
    BEIJOS O CORAÇÃO.
    EVANIR

     
  • Às 6 de setembro de 2011 às 15:48 , Blogger Vivian disse...

    Olá,Lilá(s)!!

    Vim deixar meu carinho e muitos beijos pra ti!!!!
    Boa semana querida!!

     
  • Às 6 de setembro de 2011 às 18:30 , Blogger O'Hara disse...

    Obrigada, o seu blogue é muito bonito também. Passarei mais vezes :)

     
  • Às 6 de setembro de 2011 às 22:25 , Blogger BRANCAMAR disse...

    Fazem-me lembrar a infância, junto da minha casa havia muitas espontâneas nos acmpos e nas bermas da estrada. Por vezes ainda encontro, embora em menor quantidade. É das mais lindas memórias que tenho.
    Beijinhos

     
  • Às 6 de setembro de 2011 às 23:44 , Blogger Vanuza Pantaleão disse...

    Lilá, querida!
    É uma benesse para todos nós que somos seus amigos, podermos apreciar papoulas(não usamos a letra i) em liberdade, embora por aqui elas não vicejem desse modo, são cultivadas.
    Maravilhosa seja sempre a Mãe Natureza!

    Quanto às outras flores fotografadas naquela floricultura tradicional da nossa cidade, umas são de "monsenhor" (não sei se existem aí) e, parece-me que haviam também "saudades" (as roxinhas).
    Beijos e uma florida semana!!!

     
  • Às 7 de setembro de 2011 às 00:20 , Blogger São disse...

    Esperando mais flores , deixo desejo de boa noite.

     
  • Às 7 de setembro de 2011 às 04:54 , Blogger Fátima disse...

    Oi Lilá(s),

    Voltei a postar, deu saudades de tudo e todos e tua página sempre quando me lembro dela, penso, que pena não poder sentir cheiros nessa tecnologia, pq me remete a campos de muitas cores,flores e aromas.
    Devo estar carente de verde, moro no concreto de SP..rs

    Beijos meu, saudades

     
  • Às 7 de setembro de 2011 às 07:25 , Blogger Pena disse...

    Estimada e Doce Amiga:
    "...É bom caminhar pelos campos e vê-las! Bonitas e leves, de cor bem intensa, sabem escolher o local onde querem viver, em liberdade!
    Nunca vi Agosto chegar ao fim com elas ainda floridas!
    Foi uma ‘benesse’ da natureza para mim…..."

    "Isto" é muito lindo, puro e magnificiente. Extraordinário de pureza e beleza imensas.
    Parabéns. Possui um brilhantismo de fascinar.
    Bem-Haja, pela honra da sua pura amizade.
    MUITO OBRIGADO pela sua visita maravilhosa. De sonho.
    Beijinhos amigos no mais puro respeito, estima e consideração pela "preciosidade" humana que é.
    Sempre a admirá-la

    pena

    Notável Excelente.
    Tansmite uma pacatez, um sossego e uma tranquilidade mágicas fantásticas.
    Adorei.

     
  • Às 8 de setembro de 2011 às 16:34 , Blogger Isamar disse...

    Em Agosto, creio que nunca vi nenhuma papoila destas. Nunca as colho pois acho que nos campos é que elas ficam bem. Dão-lhe cor e dão-me alegria.

    Beijinhos

    Bem-hajas!

     
  • Às 10 de setembro de 2011 às 19:39 , Blogger Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

    Um campo de papoilas é um bailado de alegria e uma explosão de beleza para os sentidos.
    Um beijo.

     
  • Às 22 de setembro de 2011 às 00:59 , Blogger Glória Maria - Fadinha disse...

    Flores lindas e delicadas. Voltarei. Bjs

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

 
Free Flower Cursors at www.totallyfreecursors.com