Perfume de Jacarandá

Quem és tu. Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas? Sophia de Mello Breyner Andreson

segunda-feira, outubro 10, 2011

Tejo - Margens

Há coisas que não podemos possuir e trazer para casa... apenas as podemos contemplar e usufruir: em tardes quentes de verão e de aventura, podemos de pés descalços, sentir as margens, ouvir o silêncio e refrescar com a ligeira brisa vinda do rio.
Podemos sim captar, guardá-la e aí sim, depois “voltar” a esta paisagem relaxante.


Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio.
Sossegadamente fitemos o seu curso e aprendamos
Que a vida passa, e não estamos de mãos enlaçadas.
(Enlacemos as mãos).
………………………………
Fernando Pessoa

72 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

 
Free Flower Cursors at www.totallyfreecursors.com