terça-feira, fevereiro 14, 2012

Brinquedos - bonecos

Há dias em que sinto saudades deles e vou até ao sótão; é ali que está o meu baú. Mexo-lhes, limpo, alinho e vejo como estão.
Recordo o meu jardim de infãncia, onde brincava horas junto ao canteiro de violetas: apanhava uma a uma e colocava-as nos cabelos louros. Fecho os olhos e continuo por ali a brincar, como só eu o sabia fazer num mundo que era só meu.
O meu grande boneco de cartão, o Bolinhas, acompanhava-me sempre, com um olhar fixo, e sorriso simpático. Repousa agora, aqui, encostado num sofá do sotão, com o cabelo já sem cor e o corpo ‘com marcas do tempo’, de tantos trambolhões que demos em conjunto. Também por aqui estão outros brinquedos em pequeno mas valioso baú de madeira, escurecida pelo tempo. São tantas e tão boas as recordações que me trazem á memória!
É bom ter um lugar onde nos sentimos confortáveis, aconchegados; de vez em quando é bom ‘voar’ até lá. Rebobinamos o filme da vida, avivamos a memória.

61 comentários:

mendocorvo disse...

Interessante como uma recordação de menina nos traz boas lembranças.... um grande abraço a todos os namorados felizes.

bjs.

São disse...

Também tive uma boneca de cartão, mas a pobre não resistiu ao banho que decidi dar-lhe....buááa´´


Bom namoro, linda

mfc disse...

Abriste uma verdadeira Caixa de Pandora onde reavivaste inúmeras recordações...
Gosto desta nostalgia conciente e risonha!

Graça Pereira disse...

Querida Lilás
De quando em vez, faço o mesmo e é tão bom voltar a ser criança e ter na mão, um tempo onde tudo parecia muito mais simples!
O meu Zezinho, coitado, que tem uma carinha linda, de boca aberta onde se vislumbram uns dentinhos muito certinhos, já não tem um braço e a roupa, outrora pomposa, está gasta...veio num contentor, misturado com tanta coisa que, ficou com um ar triste e tem as bochechas um pouco amareladas, não sei se do tempo ou se pela quantidade de vezes que foi "baptizado"...
Bom dia de São Valentim!
Beijocas.
Graça

Mona Lisa disse...

Rebobinar memórias da nossa infância é voltar a "vivê-las"...faz tão bem!

Beijos.

Graça Sampaio disse...

Quem me dera ter ainda essas recordações comigo! Ficaram lá por Algés, por Sintra... Tenho muita pena!

Paloma disse...

Torno a dizer: essa MUSICA de fundo é qualquer coisa!!! Adoro!!!
Quanto aos bonecos, guardo ainda a que ganhei aos 9 anos de idade.Uma boneca identica ao seu boneco.Acho que eles viveram na mesma época.

Abraços

nacasadorau disse...

Belos tempos, amiga Lilás.
Tinha uma boneca especial, era de trapos, simples, mas era minha.
Deixei-a para trás quando casei. Que parva fui.
Perdi-a.

Gostei do teu boneco e de estar contigo no sótão.

Beijo

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Delicioso, recordar os momentos infantis, nos brinquedos. Quem preservou o seu baú, guardou as alegrias e os prazeres da infância.
À qualquer hora, é possível vivê-las.
Preciosa Memória!

Beijinhos, Lilá(s)
da Lúcia

anareis disse...

Querida(o) amiga(o). Estou fazendo uma Campanha de doações pra ajudar os jovens rapazes que estão internados no Centro de Recuperação de Dependentes Químicos onde meu filho está interno também.Lá tem jovens que chegam só com a roupa do corpo,abandonados pela família. Eles precisam de tudo:roupas masculinas,calçados,sabonetes,toalhas,pasta de dentes,escovas de dentes,de um freezer, Roupas de cama,alimentos. O centro de recuperação sobrevive de doações,são mais de 300 homens internos.Eles merecem uma chance. Quem puder me ajudar pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agência 1257-2 Conta 32882-0

anareis disse...

Querida(o) amiga(o). Estou fazendo uma Campanha de doações pra ajudar os jovens rapazes que estão internados no Centro de Recuperação de Dependentes Químicos onde meu filho está interno também.Lá tem jovens que chegam só com a roupa do corpo,abandonados pela família. Eles precisam de tudo:roupas masculinas,calçados,sabonetes,toalhas,pasta de dentes,escovas de dentes,de um freezer, Roupas de cama,alimentos. O centro de recuperação sobrevive de doações,são mais de 300 homens internos.Eles merecem uma chance. Quem puder me ajudar pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agência 1257-2 Conta 32882-0

Zilani Célia disse...

OI LILÁ(S)!
ERAM OS CHAMADOS BONECOS DE LOUÇA.
TAMBÉM TIVE, GOSTARIA DE TE-LAS GUARDADO MAS NÃO SEI ONDE FORAM,COM CERTEZA NÃO EXISTEM MAIS, MAS A RECORDAÇÃO ESTÁ SALVA...
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com/

Flor de Jasmim disse...

Querida
Aminha primeira boneca é de trapos tem 49 aninhos e foi feita pela minha avó ainda a tenho guardada.
amo-a demais.

deixo-te este miminho


O jacarandá florido
Brando cantar trazia
Branda a viola da noite
Branda a flauta do dia


O Jacarandá florido
Brando cantar trazia
O vinho doce da noite
A água clara do dia


Quem o olhava bebia
Quem o olhava escutava
O jacarandá florido
Que o silêncio cantava


Matilde Rosa Araújo

Beijinho e uma flor

Teresa disse...

Os brinquedos da nossa infância têm sempre um lugar no sotão do nosso coração!
Bjs

Paty disse...

Olá querida Lilás, realmente muitas das vezes quando resolvemos mexer no baú, voltamos lá no comecinho de tudo e aí sim bate aquela saudade de tudo que vivemos.
Amo suas visitas, obrigada pelo elogio....

Ótima Quinta...

Bj

Fátima disse...

Oi Lilás,

Que bom manter essa criança ai, sempre desperta, bom isso!

Beijo meu

Anabela Jardim disse...

A minha boneca favorita deixei no maleiro do armário de roupas e há poucos dias descobri que naturalmente ela está se desmanchando ... Fazer o quê? É a vida.

MARILENE disse...

Não tenho mais nenhum brinquedo. Que pena! Minha mãe foi doando e os que restaram meus sobrinhos destruíram (rss). Mas me lembro de uma boneca. Você me fez ter vontade de olhá-la, agora.

Bjs.

✿ chica disse...

Essa viagem aos sótãos de nossa vida, remexendo os baús e encontrando alegrias pra trazer para o HOJE é legal.Lindas recordações e gostei de ver o boneco..

.beijos,lindo dia e fim de semana,chica

Everson Russo disse...

Recordações fazem parte da vida minha amiga...beijos de bom dia.

Vivian disse...

Olá,Lilá(s)!!!

Que momento tão bom querida!!!!Nossas memórias guardam tesouros, mesmo quando já não possuimos os objetos antigos sempre teremos nossas lembranças pulsando bem vivas!!!
beijos pra ti!!!

Lilazdavioleta disse...

Óh lilá(s) boas viagens .
Gosto muito deste de papelão .

Continuo a gostar de brinquedos , pena serem " antiguidades " e o preço condizente .

um beijo

Margarida disse...

"O grande homem é aquele que não perdeu a candura da sua infância."

Até eu que não saí assim há tantos anos da minha infância, relembro a com tanta nostalgia... Mas do que mais sinto falta, não é dos meus brinquedos e sim das brincadeiras que tinha com pessoas, que já partiram, e que me trazem tanta saudade... e dor!

Um beijinho muito especial
*e sim, mudei o visual lá do meu covil! :)

Jardineiro do Rei disse...

Lila...

É bom, de vez em quando, termos a capacidade de libertar a criança que há dentro de cada um de nós...
Foi bom participar na tua viagem ao baú das memórias de uma infância feliz. Quantos de nós não sentirão dor quando revisitam o sótão do seu passado?

joão

elvira carvalho disse...

Que bom ter os seus brinquedos guardados. Eu nunca tive mais brinquedos, que uma boneca de papelão que minha mãe comprou numa feira. A boneca era preta e eu que nunca tinha visto ninguém com aquela cor pensei que a boneca estava suja. A minha mãe costumava fazer uma barrela para a roupa branca numa celha de madeira que me pai fizera cortando um barril que já não servia para o vinho. Bom quando a minha mãe pôs a roupa na barrela, (que ela preparava pondo um bocado de sabão azul num tacho com água até ferver e derreter o sabão, e depois despejava na celha e juntava água fria até amornar) eu fui até à celha levantei uma peça e deitei co cuidado a boneca na água tapando-a depois com a peça.
A brincadeira valeu-me umas valentes palmadas da minha mãe que quando foi lavar a roupa encontrou um monte de papelão desfeito entre as peças de roupa todas tingidas de preto.
Um abraço

MENSAGENS AO VENTO disse...

____________________________

...sim! Como é bom, às vezes, nos entregarmos nessa exploração de velhas e queridas lembranças...

Beijos de luz e o meu carinho!!!

___________________________

greentea disse...

tb tinha uma boneca especial - saiu numa rifa à minha avó... anos mais tarde decidiu mandar arranjá-la no Hospital das Bonecas para as netas brincarem, teve enxoval e até uma cama à medida e sei que ainda existe, apesar de não estar na minha casa. Foi o 1º casaco de tricot que fiz .

( O Browny está optimo , adaptou-se muito bem e já não tem aquele medo de quem deve ter sido muito maltratado, já corre e brinca e dá ao rabinho e porta-se bem !)

Sonhadora disse...

Minha querida

Ternas lembranças que guardamos para sempre dentro de nós.
As minhas bonecas não gostavam do banho...desfaziam-se.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Braulio Pereira disse...

olá minha amiga

que bonitos sâo os brinquedos da nossa infancia sempre estâo no nosso coraçâo. recordar é viver

somos duas vezes crianças


feliz fim de semana

beijos!!

Hugo de Macedo disse...

Sem dúvida...essas memórias todas acabam por vir ao de cima, muitas vezes até conseguimos relembrar odores, verdade?

:)

Fa menor disse...

Isto são preciosidades, amiga!

Bjinhs

AvoGI disse...

LILÁS
minha doce amiga,o texto que relatei das cerejas nao se passou na Madeira, mas sim no Porto onde me encontro desde o dia 5 deste mês.
mas sim, na madeira tb prolifera o chico-espertismo mas noutras áreas.
esculpa , nao tem nada a ver com o teu poste. se quiseres apaga nao me ofendo
kis :=)

AvoGI disse...

eu sou mais fotografias de outros belos tempos que me ponho a ver., mas ultimamente as lágrimas tendem a toldar-me os olhos.
kis :=)

vidaslife disse...

Ah que bom, reavivar a memória e voltar no tempo. Quantas saudades de outrora, como se diz. Bons tempos, Beijinhos carinhosos querida adorei o post é muito bom. Um lindo final de semana para ti, viu.

Vitalina de Assis. disse...

Hola amiga!

Não possuo um sótão, mas quantas vezes me vejo, buscando no baú das memórias, brinquedos de criança, sentir infantil, uma infãncia já ida.

Toco nas lembranças, realinho meu sentir e subo as escadas.

Parabéns pelo texto.
Bjs.

Irene Alves disse...

Eu também adoro sótãos e andar
a reviver coisas do passado.
Faz-nos bem, talvez voltar
uns tempos atrás.Gostei de ver.
Beijinhos e bom fim de semana.
Irene

SOL da Esteva disse...

Lilá(s), Querida

Com algum sentimento de tristeza, recordo-me de alguns brinquedos; porém não tenho nenhum que me tivesse acompanhado no tempo.
Contudo, o Sótão, a Casa da Árvore, e outros lugares de refúgio e Sonho, continuam comigo.
São parte do nosso Sítio e lá e ficou, e está, uma parte da nossa memória.
Fizeste-me retroceder no tempo...

Beijos

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.com/
Belo

Fê-blue bird disse...

Também guardo os meus "tesouros" de infância, uns no baú outros na memória, para sempre!

beijinhos e bom fim de semana

Maria Alice Cerqueira disse...

Ola amiga,
vim lhe desejar um bom Carnaval coberto de muita paz e alegria.
Maria Alice

♫ ♪ Wilson Miguel ♫ ♪ disse...

Boa noite, querida!

Isso faz muito bem ao coração, amiga!

Sempre gostoso esse voltar no tempo da infância e relembrar aqueles momentos de pureza e encanto. E conseguimos entrar nesse mundo de magia com um sorriso no rosto e o olhar terno pelo simples fato de tocar um brinquedo que nos fez feliz...

Deixo a você o meu carinho e o desejo de um final de semana de muita paz no coração!

Beijos de luz
Deus seja contigo

alegria de viver disse...

Olá querida amiga

Serão sempre palavras de alegria.

Para mim ficou só as lembranças os brinquedos não existem mais.

Com muita alegria BJS.

SONINHA disse...

Recordar bons tempos é uma delícia, amiga!
Um excelente feriadão!
Beijocas!

BlueShell disse...

Oh, sim...tenho poucos brinquedos 8naquele tempo era um luxo) mas dos que tenho trazem bos recosdações e um anostalgia....

Grata por tua presença ao meu lado.
Obrigada.
BS

ღα૨gѳђ ખ૯૨ท૯૮ઝܟ disse...

é muito bom ler e me emocionar , me sentir inspirada e seu texto mexeu comigo.

Um abraço,

Magia da Inês disse...

Belas lembranças.
Bom fim de semana de Carnaval!
Beijinhos.
Brasil

(⁀‵⁀,) ✿
.`⋎´✿✿¸.•°
✿¸.

Elisa T. Campos disse...

Como é bom voar voar até a meninice. A primeira boneca, o primeiro jardim, a primeira escola. Parece que estão longe e ao mesmo tempo tão próximo de nós. Revivê-las dá uma sensação de paz.

Lindo, Lilá(s)

Um bom final de semana
bjs

Justine disse...

É preciso não esquecer os meninos que ainda habitam dentro de nós! É preciso avivar a memória, e aprender com o que a vida nos foi dando e tirando...
O baú das nossas recordações é o nosso tesouro escondido...

.Toilet Feminino. disse...

Daria tudo para dar uma visitada nesse seu refúgio. Bárbaro!
Sou exatamente assim, não consigo me desfazer de nada que me remeta a algo!
Adorei aqui, beijos

Anónimo disse...

Fico feliz por ter feito parte um bom bocado dessa infância, tantas horas de brincadeira boa que tivemos! só nós sabíamos ocupar tão bem o tempo.
Linda amiga, obrigada por estas boas recordações.
Beijo

Lena disse...

Que surpresa!!!
Pois é, também eu tive o privilégio de brincar com o Bolinhas. É um boneco muito frágil,(por ser feito de cartão)tinhamos que ter muito cuidado.
Bons tempos... Gostei.

OutrosEncantos disse...

verdade, é bom termos um lugar onde nos sentimos confortáveis, este é um deles :)

beijo, Lila(s)

Multiolhares disse...

è bom podermos ter recordações bonitas que possamos de vez em quando mexer e a felicidade ficar em nossos corações
bjs

Nilson Barcelli disse...

Reviver os tempos de criança é muito bom. E os brinquedos ajudam imenso.
Querida amiga, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
Beijo.

Maria disse...

Minha amiga os brinquedos da nossa infância fazem-nos sempre voar nas asas das recordações.
Bom restinho de domingo e uma excelente semana.
Beijinhos
Maria

SONINHA disse...

Boa semana, minha amiga querida!!!!!!!
Beijos meus!

Fernanda disse...

Ainda estás com o teu lindo boneco, aí sentadinho para a foto :)

Beijinho

Mz disse...

Não tenho uma boneca de cartão, mas também tenho uma boneca de vestido verde guardada no sotão :) e também gosto de rever as minhas lembranças.

Bjs

lis disse...

Oi Lilá(s)
Já conheço o Bolinha , gosto também de reve-lo a cada ano quando voce os liberta do sotão rs
Sinto falta da tartaruga que tinha o nome do casco ( nao me lembro,no momento) .
Por onde andará?

* o seu comentário está chegando normalmente, Lilá(s)as vezes demora!

Cristal de uma mulher disse...

Que lembrança linda..tem coisa que nunca esquecemos mesmo que a percamos um dia..

Bom conhecer seu espaço

Um grande abraço

Bonecas da Mari disse...

Lilá(s),
Meu baú está só na memória... de tantas arrumações e mudanças, não me restou nenhum brinquedo da infância. Mas encontrei uma maneira de reviver aqueles tempos tão felizes... fazendo bonecas para alegrar crianças, de qualquer idade.
Beijocas.
Estela

Isa Lisboa disse...

São momentos bons, esses regressos ao passado! :)