Perfume de Jacarandá

Quem és tu. Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas? Sophia de Mello Breyner Andreson

quinta-feira, outubro 29, 2015

"sonho –uma constante"



Em menina costumava sonhar acordada: muitas vezes, transpunha os meus sonhos para o papel  em forma de desenhos e pinturas; o meu imaginário substituía bem o que eu ansiava-desejava.  Desenhava e pintava, fugia da realidade, era como um voo no espaço e no tempo, onde tudo era possível .
Agora que os meus cabelos oscilam entre o branco e dourado a minha imaginação continua activa mas os meus sonhos já têm limites;  sento-me  ao lado da menina do passado e com ela partilho mãos cheias com um pouco de tudo, sonos leves e pesados, sonhos e pinturas da tela  já ‘vivida.’

Sonho: uma constante da vida  e a menina que mora em mim não vai deixar que eles se escapem!







44 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

 
Free Flower Cursors at www.totallyfreecursors.com