segunda-feira, abril 27, 2009

Cada um com seu encanto...



enquanto cada flor se posicionava para apanhar um pouco mais de sol,
voava uma borboleta exibindo cores brilhantes, sentindo a calma do jardim, o aroma das flores, a tranquilidade do verde.
saboreando uma flor aqui, outra acolá,
depois de tanto voar, pousou numa flor
- que flor é esta?
- é apenas uma florzinha lilás... - respondi
sorrindo a borboleta voou para outras paragens, ver o mundo do ar, experimentar o néctar de outras flores


mas a lembrança das cores ficaram no meu pensamento

borboletinha colorida das flores do jardim.

7 comentários:

Vicktor disse...

Querida Lilás
Adoro ler (ouvir) as tuas palavrinhas carregadas de doçura como descreves estas maravilhas da Natureza.
Tens para ti na Oficina uma modesta homenagem...
Beijinho.

Anónimo disse...

e a borboleta voava, e em tom lilás se transformava...
bjs

Isa disse...

Há sempre uma fatia de bolo para os Amigos...
Beijo.
isa.

MagyMay disse...

Porque deixas assim ficar aqui tanto encanto?
Vir aqui, também é PAZ
Lindo, Lilás...Linda!

Anónimo disse...

Que bonito tapete floral lilás que tens no teu muro....
Espero que as couves(roxas) estejam suficientemente afastadas da miríade de lagartinhas deixadas pela borboletita...

Sónia Alexandra disse...

Olá não conhecia este teu blog, mas fiquei fascinada com cada palavra, com cada sentimento inerente às palvras...vou ficar nesta casinha acolhedora e visitar-te mais vezes. Beijinhos doces

ZÉ LISBOA disse...

Oh rapariga, antão agora virou-se prá poesia.
Os ares da margem Sul estão a dar volta à tua cabeçinha.
Mas gostei muito.

Beijinhos