segunda-feira, julho 13, 2009

No meu horto

Sou feliz em possuir uma horta!
É uma mini-horta, com a cidade à volta, que traz o prazer de cheirar, de ver, de tocar na terra.
É algo de mágico; a vida vai acontecendo lentamente depois de uma semente colocada na terra.
O cheiro da hortelã, o verde dos espinafres, dos pimentos, o roxo das beringelas, o vermelho dos tomates, o amarelo das flores de aboboreira...
Os olhos vão pousando nas cores, descobrindo a exuberância da flor da beringela!
Flores perfeitas, em tons de rosa e lilás, pequenas no diâmetro, com estames amarelos.
A natureza presenteia-nos com delicadas flores de alguns legumes que chegarão à nossa mesa... e que nem todos têm oportunidade de ver.
Que espectáculo a flor da beringela!

26 comentários:

Sonh@dor@ disse...

Olá Lilás!
Venho agradecer e retribuir a sua visita ao meu blog,estou um pouco atrazada,mas não podia faltar sem conhecer o seu blog,que gostei muito...
Quanto há hortinha,que maravilha comer algo sem quimicos;

Voltarei
Beijinhos
"Sonh@dor@

Lisette Costa disse...

Ah, que delícia ter uma horta, revolver a terra, admirar a floração.E que lindo esse slide, Lila(s).A flor da berinjela tem várias tonalidades,uma flor frágil e delicada.
Já morei numa casa e passava horas perdida no jardim.Mas, agora em apto, me alegro só com umas plantinhas de vaso .
Espero voce ,ok? estou tentando responder aos comentários no meu blog também.Abraço-te.

Vicktor disse...

Querida Lilá(s)

Esse cantinho é um paraíso quase quase na cidade... sinónimo do muito afecto que se respira na "aldeia"...

Encantamento para a vista, mas também um mundo de sabores e de aromas só possíveis de sentir tão pertinho da mãe Natureza.

Depois... as flores... sempre existe uma "nova" flor que nos encanta com a sua forma e colorido, cores vivas que são o espelho do Sol.

A tua sensibilidade para VERES SENTIRES e PARTILHARES tamanha beleza é algo tão exuberante que somente tem comparação com a exuberância da Natureza tua ninfa inspiradora... tu mesmo também ninfa na inspiração que dás a quem te lê.

Beijinhos.

Isaura Pereira disse...

Querida Lilás ,

cxada vez que aqui venho tenho sempre uma boa surpresa .. se saudades tenho da minha infância , do meu quintal, das minhas cultivações ... o seu texto hoje fez-me recordar toda a minha infância ...

Beijocas e uma optima semana

pin gente disse...

vim pela cor, pela foto... fiquei pelo nome, pelos temas! também gostaria de ter um horto na cidade. tenho candeiros na aldeia. adoro sujar as mãos na terra.
gostei de te ler.
um abraço
luísa

MagyMay disse...

Uma horta, um canteiro, um vaso, regalam a vista e a alma...fazem-nos felizes.
Eu regalei-me com a descrição da tua horta...e a flor da beringela é lilás (fixe!!)

GATO FACEIRO disse...

nossa..virverei ainda para ter uma horta bem colorida...

PreDatado disse...

Oh vizinha tem aí um raminho de salsa que me empreste? Veja lá que vou fazer um arrozinho de tomate e esqueci-me de pedir na praça. Ah vizinha, obrigadinho, Deus lhe pague.

António disse...

Não passa de hoje. Está decidido. Junto-me ao grupo dos comentadores, para dizer (garantir?) que a porcelana mais fina foi à Lila buscar a leveza e o translúcido quase transparente. E, com certeza, as flores são tão amigas da Lila, ao ponto de a encarregar da tarefa de lhes dar voz e sentimento.

Beijinhos e boas noites.

António

Rabiscando disse...

É o espetáculo da natureza em todo seu esplendor.

1 beijo!

Sara disse...

Todos os nossos cantinhos são especiais, sejam uma pequena horta ou um pequeno vaso. Tudo é magia porque empenhamos neles muito amor e dedicação e que bom que sabe...

Anónimo disse...

Não fosses tu Lila a sensibilidade em pessoa e não iriamos reparar nestes pormenores...beijinhos amiga e obrigada por existires no "jardim da minha vida"!
T.

Anónimo disse...

Não fosses tu Lila a sensibilidade em pessoa e eu não estaria aqui a ouvir o BOB DYLAN de lilás vestido....

Vicktor disse...

16-07-2009

Querida Lilás

O tempo que passa é assim...
Faz hoje seis meses que iniciaste este maravilhoso cantinho de cores, aromas, sabores e notas musicais de uma suavidade única somente possivel a quem tem tamanha sensibilidade.

Venho aqui muitas vezes na procura de tranquilidade e de inspiração. Por isso te estou muito grato.

Desejo-te muitas felicidades. Parabéns.

Beijinho.

Maria Emília disse...

Amiga Lilás,
As flores da beringela são realmente belas como o são as do pepino, da melancia, de quase todas as ervas aromáticas como hipericão e o estragão. Belissima e diferente é a flor da alcachofra. Ainda hoje estive a limpar as alcachofras que tenho no jardim. É um previlégio poder ter um espaço com plantas e observar a natureza.
Um beijinho,
Maria Emília

O Profeta disse...

Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo

A Magia da Noite disse...

A natureza é a essência da beleza.

Menina do Rio disse...

Sinto saudades do tempo que podia ter uma hortazinha no quintal. Adorava meter as mãos na terra úmida e fofa e o melhor, colher verduras fresquinhas pro almoço.


Um beijo pra ti

Carlos Pires disse...

O meu pai é agricultor e já o ajudei muitas vezes.
Discordo de si: não há nada de mágico nas hortas, nos pomares ou sequer nos jardins - mesmo admitindo que esteja a usar a palavra de modo metafórico.
Pelo contrário: é tudo muito natural, material, difícil... e sujo!
Mas é mesmo assim que é belo e que vale a pena! Sem poesia, só com realidade.

Só mais uma coisa: as pessoas - como o meu pai - que fazem das hortas e dos pomares a sua vida e a sua subsistência não vêem beleza nenhuma na coisa. Só vêem a parte do natural, material, difícil, sujo... Nada, nada de poesia, portanto.

Milu disse...

Quanto eu gostava de ter um pedacinho de terra para fazer as minhas plantações e sementeiras! Sinto um verdadeiro apelo pela terra. Vou-me entretendo com os vasos de plantas. Gosto de ver crescer as plantinhas, tanto, que costumo comprar plantas pequeninas e assim que ficam grandes desfaço-me delas. O que gosto mesmo, é de as ver vingar.

MagyMay disse...

Vim a correr...estou atrasada um dia!
Fazemos de conta que ontem é hoje, boa?
Então é assim:
PARABÈNS Lilá(s) pelo meio ano do blog e agradecida eu pelo perfume que me trazes e pela cumplicidade que me dás.
Beijo e Abraço...Beijo e Abraço...Beijo e Abraço...Beijo e Abraço...Beijo e Abraço...Beijo e Abraço...Beijo e Abraço...

PS - Quem me ensinou a pôr um video do youtube, quem foi???

Anónimo disse...

Quem diria que a menina "sempre a condizer" metia as mãos na terra !!!
estou a brincar amiga...aliás sempre te vi como mulher de armas...de terra de tudo!
beijinhos
o transmontano

gaivota disse...

e que boa a tua horta, e as beringelas... gosto muito, grelhadas, como os pimentos, como se faz na argentina, ou em rodelas, passadas em polme e fritas... e em sopas!
beijinhos

elvira carvalho disse...

Me fale de tudo menos de hortelã. Sabe que sou alérgica e que já estive bastante mal por causa da hortelã?
Um abraço e bom fim de semana

Papoila disse...

Olá!
Ando muito atarefada com o plano de contingencia da gripe A. Adorei conhecer a tua horta... e essas maravilhosas flores da beringela.
Beijos

Maria Clarinda disse...

Que delicia...fiquei-me imaginando nesse paraíso...
Jinhos!!!!