Perfume de Jacarandá

Quem és tu. Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas? Sophia de Mello Breyner Andreson

quarta-feira, maio 05, 2010

À janela

À janela sinto a brisa que passa, o tempo que se escoa; vejo o dia dar lugar à noite e o luar que vem para iluminar a rua.
Vejo as plantas que não param de crescer e mostrarem-se em cores e formas.
Fico olhando as primeiras andorinhas que esvoaçam chilreando; rastejando no peitoril da janela, tranquilo, ignorando a minha presença, um pequeno lagarto! Sente-se bem, tal como eu.

42 Comentários:

  • Às 5 de maio de 2010 às 17:17 , Blogger clic disse...

    Pequenos são os meus, este teu é enoooooorme!... :)

     
  • Às 5 de maio de 2010 às 18:42 , Anonymous Anónimo disse...

    ...parece + ser lagartixa.

     
  • Às 5 de maio de 2010 às 21:31 , Blogger Mona Lisa disse...

    Olá

    À janela aprecio o transformar da natureza envolta nos meus sonhos...

    Ahhhh...da lagartixa quero distância.
    Aprecio-a de longe.

    Bjs.

     
  • Às 5 de maio de 2010 às 22:39 , Blogger lis disse...

    Oi Lilá
    Toda foto sua cliko , pra ver com mais perfeiçao mas essa nao dá rsrs
    devia estar no Zoologico esse lagarto rs ,muito grande , tenho uma certa repulsa por répteis )( os que rastejam) rs
    vamos lá ! bota ele pra fora do teu jardim , vai espantar a Tita que arruaceira deve andar pelas esquinas , nao ?
    a minha Pitty é virgenzinha coitada!! rsrs super de família!
    deixo abraços e agradeço seus olhares simpáticos a atravessar os mares.
    Obrigada pela braçada de flores a juntar ao Vicktor, esse mar de Caparica que me aguarda! rsrs
    deixo abraços

     
  • Às 5 de maio de 2010 às 23:10 , Blogger Sara disse...

    Isto é que foi apanhar este pequeno com a "boca na Botija" (eheheheh) Se calhar, queria saber onde onde andavas... Bjs

     
  • Às 5 de maio de 2010 às 23:55 , Blogger Canduxa disse...

    Olá Lilá,

    O que consegues sentir e ver quando no silêncio estás à janela.
    Tudo é belo na natureza...até este lagartinho bonito.


    beijinhos com muita luz

     
  • Às 6 de maio de 2010 às 02:58 , Blogger Vieira Calado disse...

    Já com algum atraso,

    obrigado pelos votos.

    Beijinho

     
  • Às 6 de maio de 2010 às 07:41 , Blogger CarlaSofia disse...

    Quanta beleza se deixa deslumbrar da sua janela!
    bj*

     
  • Às 6 de maio de 2010 às 11:34 , Blogger maria teresa disse...

    O seu texto "respira" serenidade.
    É tão bom sentir isso nos tempos que "correm" soprados por fortes ventanias...
    Abracinho

     
  • Às 6 de maio de 2010 às 11:47 , Blogger Chica disse...

    Quanta coisa linda podemos ver de uma janela ou na janela.

    Lindo e basta saber olhar e ter essa percepção das coisas lindas,que podem ser mínimas,mas tão grandes...beijos,tudo de bom,chica

     
  • Às 6 de maio de 2010 às 15:07 , Blogger Daniela - Coisas Miméticas disse...

    Olá,

    Chamo-me Daniela e gostava de apresentar o meu blog, com peças feitas por mim:

    www.coisasmimeticas.blogspot.com

    Muito Obrigada!

     
  • Às 6 de maio de 2010 às 18:10 , Blogger poetaeusou . . . disse...

    Este comentário foi removido pelo autor.

     
  • Às 6 de maio de 2010 às 18:13 , Blogger poetaeusou . . . disse...

    *
    ai a minha Lagartixa,
    ainda hoje, brinco com elas,
    uma canita, um cordel em laço,
    fica preso no pela cauda,
    depois junto 7/8 Gatos,
    só eu tenho três, que saltam
    sem trampolim, quando chega o
    cansaço, seguro a minha menina,
    peço-lhe desculpa e vou pô-la
    entre a verdura, confessando
    que nunca mais repetirei,
    porém quando encontro outra, é
    fácil prever a minha reacção ...
    ,
    conchinhas, deixo,
    ,
    *

     
  • Às 6 de maio de 2010 às 21:30 , Blogger A.S. disse...

    Lilá(s)


    A Natureza revela-se imensa nos mais pequenos detalhes...


    Beijosss
    AL

     
  • Às 6 de maio de 2010 às 23:04 , Blogger lis disse...

    Minha doce Lilá(s)
    aquela gatinha não é a Pitty, rs, pedi licença a ela pra publicar aqueles amores entrelaçados porque nunca resisto.
    Imagine! dois animaizinhos desses nem pensar e sem quintal, já ando com pena da Pitty tão doméstica! rs
    ela é um encanto ,e não é de "griffe" ( sei lá como fala , ah de raça deve ser rs) ela é bem pé-sujo , dessas que gosto .Só que algumas coisas mudaram pra mim e ainda tenho dúvidas se continuo maezinha dela, com certeza ficará bem se nao for comigo. Enquanto isso dou" boa vida" e carinho.
    Beijinhos, e uma boa noite Lila

     
  • Às 7 de maio de 2010 às 00:25 , Blogger Pérola disse...

    Beijos e uma linda noite minha amada.
    Obrigado pela visita.
    Beijokas.

     
  • Às 7 de maio de 2010 às 02:11 , Blogger Rosan disse...

    Lila(s)
    adorei ver a lagarticha, eu gosto delas, são bonitinhas.
    mas confesso que o que mais me chamou a atenção foi o cacto, enorme que só aparece um pedaço na foto, eu fiz uma coisa bem boba, ampliei a foto e ainda meio que quiz olhar por baixo para ver se via o resto do cacto....
    Não repare é coisa de gente apaixonada por espinhos...

    beijo de luz

     
  • Às 7 de maio de 2010 às 04:01 , Blogger Pelos caminhos da vida. disse...

    Que seu fim de semana venha acompanhado de muitas bençãos.

    beijooo.

     
  • Às 7 de maio de 2010 às 12:25 , Blogger continuando assim... disse...

    gostei da foto e do texto ...tranquilo como eu :)

    bj
    teresa

     
  • Às 7 de maio de 2010 às 13:48 , Blogger Pedrasnuas disse...

    UMA JANELA ONDE PODES REPOUSAR EM PAZ...UMA EXCELENTE TERAPIA...

    BJS

     
  • Às 7 de maio de 2010 às 19:09 , Blogger Mariazita disse...

    Olá
    Como no próximo domingo, dia 9 de Maio, se celebra o Dia das Mães no Brasil, resolvi fazer uma pequena homenagem às minha amigas brasileiras, publicando, no SÁBADO, um post no meu blog OLHAI OS LÍRIOS DO MACUÁ

    Lá encontrará um pequenino presente que fiz para TODAS as minhas amigas, sem excepção.
    Espero me dê o prazer de ir buscá-lo e colocar na sua sidebar.
    Até lá, obrigada.
    Beijinhos
    Mariazita

    PS - Voltarei para comentar logo que possível.

     
  • Às 7 de maio de 2010 às 21:20 , Blogger Vicktor disse...

    Querida Lilá(s)
    A Natureza em toda a sua força a cumprir a função de "equilibradora" do habitat... Esses pequenos lagartos são de grande importância para o equilibrio do ecosistema...

    Que vivam!!!

    Bonita partilha a tua...

    Beijinhos.

     
  • Às 7 de maio de 2010 às 21:43 , Anonymous Anónimo disse...

    Querida colega, cá estás tu com o tal "toque" lilás" quem se lembraria de fotografar um lagarto? tu claro...e aposto que dás tareia em que lhe fizer mal...
    Beijos

     
  • Às 7 de maio de 2010 às 23:05 , Blogger alegria de viver disse...

    Olá querida
    Da janela podemos ver muitas coisas, mas só quem tem sensibilidade percebe, quanta vida existe.
    Com muito carinho BJS.

     
  • Às 7 de maio de 2010 às 23:39 , Blogger Mariazita disse...

    Olá, boa noite
    Vim aqui numa corridinha :) só para dizer que houve qualquer confusão da tua parte ou má explicação minha, pois o post a que me referi aparece à luz do dia (ou da noite...) às 00.01H do dia 8, ou seja, está a sair dentro de 25 minutos.(está programado)
    Nesse post é que se encontra o tal "presentinho"...
    Vou-me deitar, que ainda estou um pouco combalida.
    Boa noite e beijinhos

     
  • Às 8 de maio de 2010 às 04:26 , Blogger Sônia Silvino disse...

    Adoro todos os animais: sem exceção! Adorei o teu post!
    Bjkas, muitas!

     
  • Às 8 de maio de 2010 às 08:47 , Blogger Lilazdavioleta disse...

    Janelas ...

    as da alma , as de António Gedeão ,
    as do tempo ... enfim as que devem estar sempre abertas para que a luz não nos abandone .

    E a tua . De facto és um ser de sorte , porque sabes ver todas as maravilhas que tens , através dela .
    Um beijo ,
    Maria

     
  • Às 8 de maio de 2010 às 12:29 , Blogger Justine disse...

    Tranquilidade.Paz. Sabedoria. São as palavras/sentimentos que me surgem ao ler o teu post...
    Bom fds, com um beijo

     
  • Às 8 de maio de 2010 às 19:16 , Blogger Graça Pereira disse...

    De cada janela...vê-se um mundo...é preciso ter é consciência dele...como tu! A lagartixa..quis o que todos queremos: o calor do sol e, quem sabe...o calor de uma compamhia.
    beijo
    Graça

     
  • Às 8 de maio de 2010 às 20:11 , Blogger Pedrasnuas disse...

    VIM À TUA JANELA VER A MARIA FUGIR COM O MANEL...ELES JÁ VÃO LONGE... A FUGIR DO PAI ...QUE É BURRO VELHO...(DIZ A CANÇÃO DOS UHF)
    FICOU DE NOVO A PAZ DAS ANDORINHAS...E DO PEQUENO LAGARTO... TALVEZ PARA QUEBRAR ESTA BELEZA , O VOZEIRÃO DO PAI DA MARIA ...:)

    BJS

     
  • Às 8 de maio de 2010 às 20:21 , Blogger uminuto disse...

    e isso é o que verdadeiramente interessa...que nos sintamos bem
    um beijo

     
  • Às 8 de maio de 2010 às 23:13 , Blogger Há.dias.assim disse...

    Tens uma bela janela...
    Bjs

     
  • Às 9 de maio de 2010 às 00:31 , Blogger Sandra disse...

    SE ÉS MAMAE VENHA BUSCAR O SELINHO.
    MEUS MIMOS http://sandraandrade7.blogspot.com/
    TEM CARINHO PARA TODAS AS MÃES...
    TEM NA INTERAÇÃO DE AMIGOS UM
    http://sandrarandrade.7blogspot.com PRESENTE PARA VC.
    FELIZ DIA DAS MÃES.
    CARINHOSAMENTE.
    SANDRA

    DESCULPE MINHA AUSENCIA.MAS NÃO FOI POSSIVEL VIR ANTES. ESTAVA TAMBÉM COM SAUDADES DE VC.
    TENHO QUE DIVIDIR MEU TEMPO EM MIL.
    MAS OS AMIGOS MORAM DENTRO DO MEU CORAÇÃO E PENSAMENTO. POR ISSO JAMAIS SERÃO ESQUECIDOS. PASSE O TEMPO, PASSA AS HORAS. MAS VC ESTARÁ COMIGO..MINHAS LEMBRANÇAS SEMPRE ME REPORTAM ATÉ VC. OS HORIZONTES SÃO GRANDES, MAS O AMOR ENCURTA ESTA DISTANCIA.
    UM GRANDE ABRAÇO.
    SANDRA

     
  • Às 9 de maio de 2010 às 00:59 , Blogger Pelos caminhos da vida. disse...

    Profissão Mãe.

    Uma mulher chamada Ana foi renovar sua carteira de motorista.
    Pediram-lhe para informar qual era sua profissão.
    Ela hesitou, sem saber como se classificar.

    "O que eu pergunto é se tem algum trabalho", insistiu o funcionário.
    "Claro que tenho um trabalho" exclamou Ana. "Sou mãe!"

    "Nós não consideramos mãe um trabalho. Vou colocar dona de casa", disse o funcionário friamente.

    Não voltei a lembrar-me desta história até o dia em que me encontrei em situação idêntica. A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira, segura, eficiente, dona de um título sonante.

    "Qual é a sua ocupação?" perguntou.
    Não sei o que me fez dizer isto. As palavras simplesmente saltaram-me da boca para fora: "Sou Doutora em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas."

    A funcionária fez uma pausa, a caneta de tinta permanente a apontar pra o ar, e olhou-me como quem diz que não ouviu bem.
    Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas.

    Então reparei, maravilhada, como ela ia escrevendo, com tinta preta, no questionário oficial.

    "Posso perguntar" disse-me ela com novo interesse "o que faz exatamente?"

    Calmamente, sem qualquer traço de agitação na voz, ouvi-me responder: "Desenvolvo um programa de longo prazo (qualquer mãe faz isso), em laboratório e no campo experimental (normalmente eu teria dito dentro e fora de casa).
    Sou responsável por uma equipe (minha família), e já recebi quatro projetos (todas meninas).
    Trabalho em regime de dedicação exclusiva (alguma mulher discorda?).
    O grau de exigência é a nível de 14 horas por dia (para não dizer 24)"

    Houve um crescente tom de respeito na voz da funcionária, que acabou de preencher o formulário, se levantou, e pessoalmente abriu-me a porta.

    Quando cheguei em casa, com o título da minha carreira erguido, fui recebida pela minha equipe: uma com 13 anos, outra com 7 e outra com

    Do andar de cima, pude ouvir meu novo experimento - um bebê de seis meses - testando uma nova tonalidade de voz.
    Senti-me triunfante!

    Maternidade... que carreira gloriosa!

    Assim, as avós deviam ser chamadas Doutora-Sênior em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas, as bisavós Doutora-Executiva-Sênior em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas e as tias Doutora-Assistente.

    Uma homenagem carinhosa a todas as mulheres, mães, esposas, amigas, companheiras, Doutoras na Arte de Fazer a Vida Melhor!

    (Marcelo Dias).

    Feliz dia das Mães.

    beijooo.

     
  • Às 9 de maio de 2010 às 17:30 , Blogger Maria Luisa Adães disse...

    Adoro animais.
    Eles gostam de mim!

    E os lagartos ou lagartixas a passarem por mim, os deixo em paz
    na procura de sua paz,
    "Fosse ela a minha Paz"

    Lindo! beijos,

    Maria Luísa

     
  • Às 9 de maio de 2010 às 20:36 , Blogger Pedrasnuas disse...

    SAI DA JANELA E PASSA NOS MEUS ENSAIOS ..HÁ LÁ UM PRÉMIO PARA TI


    BEIJINHOS

     
  • Às 9 de maio de 2010 às 21:05 , Blogger Pena disse...

    Estimada e Valiosa Amiga:
    "...Fico olhando as primeiras andorinhas que esvoaçam chilreando; rastejando no peitoril da janela, tranquilo, ignorando a minha presença, um pequeno lagarto! Sente-se bem, tal como eu..."

    Terno. Delicioso. De deslumbrar pela beleza e pureza.
    Fantástico. Adorei.
    Beijinhos amigos de parabéns pelo seu significado de excelência no que escreve maravilhosamente.

    pena

    Tem um talento imenso.

     
  • Às 9 de maio de 2010 às 21:30 , Blogger VANUZA PANTALEÃO disse...

    Olá Lilá! Sou o Guilherme, filho da Vanuza. Eu estou respondendo por ela no blog, enquanto ela estiver de férias. Quanto sensibilidade no seu post. Lindo! Um feliz dia das mães e o meu abraço!

     
  • Às 10 de maio de 2010 às 00:53 , Blogger MZ disse...

    MAs que arrepio... a Tita vai apanhá-lo se o vir, não lhe escapa!

    O texto é tem uma sensibilidade que
    não deixa ninguém indiferente.

    bjs

     
  • Às 10 de maio de 2010 às 20:18 , Blogger Mariazita disse...

    Que tranquilidade inspira este teu texto. Aliás, é o sentimento que sempre me inspira o teu blog: tranquilidade.
    Gostei da "imagem " do lagarto.

    Beijinhos

     
  • Às 13 de maio de 2010 às 14:28 , Blogger AC disse...

    O desfrutar em harmonia do mundo que nos rodeia.
    É bom estarmos em paz com nós próprios!

     
  • Às 22 de maio de 2010 às 20:25 , Anonymous Milu disse...

    Ai, meu Deus! Perante um cenário desses eu ia ao chão inanimada! Tenho horror a répteis! Admiro a tua complacência!

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

 
Free Flower Cursors at www.totallyfreecursors.com