sábado, janeiro 15, 2011

Janus- Januarius

Janeiro está a ser lento, triste e cinzentão; incrível como o tempo nos afecta! melancólica vou mesmo assim arrumando as ideias.
Tal como Janus, de duas cabeças, olhando para direcções opostas, representando os términos e os começos,- passado e futuro,- houve um sentimento de nostalgia ao deixar para trás os últimos 12 meses. Tem sido um tempo de muitas mudanças, de alegrias e algumas tristezas; tomei decisões importantes que irão ‘alinhavar’ o meu futuro; foi tempo também de momentos inesquecíveis, que ficarão armazenados ‘cá no cantinho’.
Olhando para o futuro, não serão grandes as expectativas lusas para este novo ano, mas a vida tem-me ensinado que no caminho coisas boas irão também aparecer. Apesar das incertezas do futuro, vou despegar-me dos medos e inseguranças e render-me ao destino,- sem ensino!- aceitando o inevitável.
O importante será saber saborear o que a vida nos dá, e viver sentindo e valorizando as pequenas coisas, porque cada amanhecer é um novo começo; em breve a luz pálida da manhã assumirá o seu brilho, quando os sinais da primavera chegarem; então haverá jacarandás florindo...

53 comentários:

maria teresa disse...

Essa também é a minha esperança...
A nostalgia está a propagar-se como um rastilho de pólvora...Mas a vida ensinou-me que as coisas menos boas acabam por se transformar em coisas boas.
Abracinho meu!

Chica disse...

tÃO LINDO E Tão verdadeiro...beijos,tudo de bom,chica( e com todos preparativos da viagem ainda consegui esquecer meus óculos de grau e sol,,rsrsr...beijos,chica

Rita disse...

Olha que este teu Janus não deixa de ser um rapaz interessante. Se por um lado ele diz "fim", por outro diz "início". Que este ano seja um ano de mudanças, onde saibamos encontrar novos caminhos e desafios fascinantes, quando nos parecer ter chegado aos becos sem saída. E que tal "Destino - sem ensino" versus "Destino - novas aprendizagens"?

Beijinhos e lambidelas!
Rita e Lyra

Lis disse...

Oi Lilá(s)
Voltando pra sentir o Perfume de Jacarandá que mesmo sem sinais ainda de primavera inebria sempre que leio seus posts (inclusive os anteriores),
sua delicadeza peculiar ,o movimento das marés ,o inverno que afeta e deixa o ar assim meio melancólico e triste e até mesmo aquela visão das estrelas...que certamente chegará com a Primavera.
Obrigada pela presença e que as palavras seja nossa companheira de todo dia, por aqui.
abraços

PS- Saudades da Pitty- ela nao veio
na viagem,precisei fazer por terra o que dificultou traze-la e estava ainda curando uma otite , que teima em perturbá-la.
- o book fotográfico dela é extenso rs vou poder usá-lo ... rs
e a nossa Tita? quando a veremos num post novamente?
ele é linda e no inverno como reage?
beijinho Lila/
bom domingo

Estela disse...

E lindas serão as flores do jacarandá...
Bjs.

Valquíria Oliveira Calado disse...

OI MINHA LINDA, COMO ESTAIS?
TEMOS MESMO QUE ESPERAR MUITAS COISAS BOAS VIREM, VIRÃO, E AS FLORES CHEGARAM COM ALEGRIAS, SOL DE LUZ E NOITES PERFUMADAS... E AS BORBOLETAS TBM VIRAM AO NOSSO JARDIM.
BJINHOS COM CARRINHO.

RETIRO do ÉDEN disse...

Porque será que a maioria está assim...como estes dias de cinza em que nada se enxerga lá para fora e nem à noite as luzes nos iluminam?!
Esperemos então conjuntamente as flores lindas dos Jacarandás.
Bjs.
Mer

VICKTOR disse...

16 de Janeiro de 2009

Do jacarandá, o perfume
Que embriaga os sentidos
Amor que arde sem lume
No peito dos entes queridos

Já hoje vi o disco fúlgeo do eles astro-rei que te manda saudações tal como o fez ao virar da meia-noite o crescente levantino.

A eles junto as minhas palavras e um beijinho de parabéns.

Vicktor

Vicktor disse...

Desculpa o eles perdido no meio do meu texto e a eventual "confusão" que nlancei entre os teus fiéis leitores. Beijinhos.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois é minha amiga, também ando muito triste e nostáliga e a necessitar urgentemente de um pouco
de sol.
Obrigada pela visita ao meu novo
blogue. Vai dando os seus primeiros
passinhos mtº. lentamente.
Beijinho e um bom domingo para si.
Irene

Lilazdavioleta disse...

É isso Lilá(s).
Um dia a seguir a outro para , de vez em quando , termos aquelas surprezas que nos trazem felicidade e que não tinhamos planeado .

Linda a imagem que fizeste .

Beijinhos e boa semana .


PS : o poema foi intencional .

gatinhafofa disse...

amiguinha tens uma musica muito bonita como fundo do teu blogue. desejo-te um bom ano, tudo de bom!! há que termos bastante energia positiva para conseguirmos sobreviver. beijinhos!!

Mona Lisa disse...

Apesar das incertezas do futuro...vamos tentando afastar a melancolia que a falta de sol nos proporciona e aproveitar os momentos bons que ainda conseguimos...

Bjs.

Fa menor disse...

"O importante será saber saborear o que a vida nos dá, e viver sentindo e valorizando as pequenas coisas, porque cada amanhecer é um novo começo"
Pego nestas tuas palavras e faço delas um sorriso na vida do dia-a-dia.

Beijinhos

Listel disse...

Oi Linda Lilás,

Aproveitemos este tempo triste e melancólico para interiorizar, escutar o coração e simplesmente seguir o seu chamamento...
O MELHOR do MUNDO para TI! TU MERECES!
Abraço cheio de luz, Listel

Justine disse...

É essa a verdeira sabedoria, Lilás:
viver cada dia sem medos, aproveitar as pequenas alegrias, caminhar em frente com coragem!
Alinho na tua filosofia de vida:)))

Ibel disse...

Muito puro e muito sincero.
Gostei do seu Janeiro, onde apesar de lento, se encontra alento.
Parabéns!

Maria Faia disse...

Estimada Amiga,
A minha vida profissional e associativa complicou-se de tal maneira que não tenho tido tempo praticamente nenhum para o meu blogue. E, apesar de me lembrar de todos vós, não tenho passeado por cá.
Mas, como mais vale tarde que nunca, aqui estou eu a desejar-te um ANO NOVO CHEIO DE FELICIDADE, sobretudo com muira Saúde, Amor e Paz.

Bjinhos
Maria Faia

helia disse...

Um bom conselho--Valorizar as pequenas coisas que a vida nos dá e esperar pela Primavera e pelos Jacarandás !E tenhamos sempre esperança!

Paloma disse...

LILÁ(s), cada dia é um dia a ser vi
vido e nos trará coisas boas e ruins. É inevitável.

A cidade está linda com a floração
do FLAMBOYANT. São flores vermelhas
ou amarelas. Imensas árvores,todas
floridas. Um presente da natureza!

Abraços

gatinhafofa disse...

Querida Maria Faia importas-te tambem de passar no meu blogue???? Beijinhos grandes!!

AVOGI disse...

olá amiga LILàs como eu costumo dizer "já tenho lodo nas articulações . quero sol e calor quero cheiro de primavera, quero dias grandes e perfumados
kis :=)

AC disse...

Lila,
Gosto do modo como olha para as coisas, como as perspectiva...
Saber viver é uma arte, e parece-me que, consigo, a harmonia é uma boa companheira de vida.

Beijo :)

Vieira Calado disse...

Se soubesse como estava o tempo, hoje, por aqui!...

Nada de cinzentos. Só sol, tudo sol!

Se amanhã estiver igual...

vou prá praia!

Beijinho

Pérola disse...

Minha menina que texto gostoso de ler. Confesso estar embriagado de esperanças.
Parabéns minha flor.
Beijos millll.
Uma linda semana.

gaivota disse...

um janeiro, inverno, nostalgia, tristeza, frio, lareira, vento, chuva, neve...
é mais uma passagem!
beijinhos

gaivota disse...

um janeiro, inverno, nostalgia, tristeza, frio, lareira, vento, chuva, neve...
é mais uma passagem!
beijinhos

Mz disse...

O tempo é feito de mudanças e, assim como as estações do ano também as nossas vidas se alteram com as decisões que vamos tomando. Os caminhos alteram-se e os medos tomam conta nós. Resta-nos confiar e seguir em frente, não esquecendo nunca que existem outras formas de ensino.
Que esta nova fase da vida seja bem aproveitada sem arrependimentos!
É bom VIVER!

beijinhos

Anónimo disse...

Ai, minha querida coleguinha eu ando tão mal! o que vai ser de nós para o ano...tanta incerteza...não me sai da cabeça este dilema...
Beijos grandes e não te esqueças de que sempre estás melhor do que eu.
TL

sonho disse...

Lindas e perfumadas...que chegem essas flores:)
Beijo d'anjo

Braulio Pereira disse...

as coisas mais simples sâo sempre as mais belas.
tudo o demais sâo apenas simples coisas.

a vida é bela.
as tuas flores
sâo lindas

beijos e tulipas!!

Xana disse...

Não podemos simplesmente render-nos a propagandas de maus agouros... A vida tem de ser aproveitada a cada momento, e por vezes perdemos coisas boas enqt nos lamuriamos..
O tempo estar tão feio não ajuda ao bom astral, mas... não se pode desanimar :)
beijinhos kida

Valéria Gomes disse...

O que me deixa feliz é a certeza de que logo passa e novos campos surgirão floridos, renovando as energias e esperanças!!!
Já estava com saudades daqui!!!

Beijos de passarinho!!!

São disse...

Minha linda, pois que o caminho começado agora a trilhar seja sempre perfumado por belos jacarandás floridos!

Um abraço muito terno e grande.

Cata- Vento disse...

Por aqui, o Inverno também tem fito das suas. Céu cinzentão, muita chuva, humidade...mas há uns dias que faz gazeta e eu tenho aproveitado para uns pequenos passeios da serra ao mar.
No entanto, com ou sem chuva, há tantas coisas boas que a vida nos proporciona que não podemos perder tempo a aproveitá-las. É que, as perspectivas não são nada animadoras e muitos dos que nos rodeiam já sofrem com o desemprego, as dívidas por pagar e outros estão a ficar sem o pão na mesa.
Deixo-te beijinhos e vai aproveitando bem a vida.

Bem-hajas!

Álvaro Lins disse...

De passagem... e gostei.

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

"(...)quando os sinais da primavera chegarem; então haverá jacarandás florindo..."
Lindo! Vem-me à memória Moçambique!
Ah, os jacarandás lilases de Moçambique! Ah, Moçambique, esse velho feiticeiro que nunca envelhece!
Há de facto uma estrela no firmamento de África que brilha mais intensamente do que todas as outras: é o feitiço de Moçambique.
Beijos.

Marieta disse...

Querida Lila,
Na verdade um ano que passa sempre nos deixa inseguros, sem sabermos o que irá acontecer a seguir, mas vivamos o presente, é o que importa, e quando bem vivido, teremos a certeza que toda a insegurança será infundada e tudo caminhará para um final feliz.
Agora, é verdade que o inverno torna as coisas mais defíceis e tristes, mas logo também desponta a primavera e os jacarandás floridos ocupam o lugar sombrio deixado pelo inverno.
Bjs.

Em tempo: Quanto ao contador está mesmo difícil pois nem os endereços que me mandaste, não consegui instalá-lo.Como te falei no último comentário que fizeste, estou aguardando meu neto retornar da praia para me ajudar.
Um beijo da amiga muito grata.

Lídia Borges disse...

Tem razão! O cinzento do ar acaba por tingir a alma.
Mas como diz, a primavera espreitará, em breve.
O futuro só pode ser melhor, porque é esse que começaremos a viver hoje, no instante que se segue ao "agora".

Um beijo

nacasadorau disse...

Amiga Lila!

Concordo contigo.

Este Janeiro está a ser interminável e até deprimente!!!
Espero o sol com ansiedade e embora já tenha mudado coisas na minha vida, ainda me falta a alegria e a loucura que sinto com a chegada da Primavera.
Oh! como anseio que ela chegue depressa.

Beijinho

Avelaneira Florida disse...

E cada dia, sim!!!!! com "açucar e com afecto" como diz a letra da canção!!!!

E lá iremos rumo ao dia seguinte...
Força, LILA(S)!!!!
Por aqui, pelo casarão cor de rosa nem sempre faz sol...e o frio é imenso!!!!
Mas algumas ruas mais abaixo há sol bem quentinho. Deixo-te um raio quentinho para o teu dia!!!!
Bjs

Pedrasnuas disse...

ENTÃO E AGORA? ESTOU MUITO ENSONADA...AMANHÃ VENHO LER-TE
HOJE DEIXO-TE UMA BEIJOCA

Tatiana disse...

Que a esperança sempre renove as forças do nosso coração!

Um beijo carinhoso

Silenciosamente ouvindo... disse...

Obrigada amiga pelo seu comentário
no meu novo blogue.
Espero que se encontre bem.
Um beijinho e o sol continua
a não chegar.Anda meio-envergonhado.
Beijinhos
Irene

Méon, disse...

Que os jacarandás floresçam sempre!

Bj

Flor de Lótus disse...

Hum então somos amigas no facebook?Bá qual teu nome, menina eu só te conheço como Lilas,kkk.
Hum aqui calor, sol de raxar e o tempo tem passado tão depressa.
Beijosss

MariaIvone disse...

Lila, gosto de te ler! Muito!

Beijos

Anónimo disse...

Eu tenho a tia mais linda e mais doce do MUNDO!
Adorei ler tia Lila

Vanuza Pantaleão disse...

Oi, Lilá querida!
É assim mesmo, recomeçar a cada dia, sem medos. A felicidade pode estar a um passo de nós, quem sabe?
Final de semana, a manga sai de cena, garanto!Rsrs. Mas fiz uma nova postagem hoje no Porta-jóias, são duas breves resenhas sobre os livros de dois amigos queridos daqui mesmo, o Daniel Costa e a Drika. Eles fizeram-me o Natal mais feliz presentenado-me com suas obras que são espetaculares. Quando quiser conferir é só entrar no link lá do blog literário. Sei que és uma grande intelectual e sua opinião sempre pesa para a nossa avaliação.Mas é coisa simples, uma homenagem a dois valiosos amigos, como você também.
Beijos muito carinhosos!!!

Pérola disse...

Oi minha linda.
Me perdoe pela demora,estou na correria,meu filhote casa agora no sabado rs.
Beijokas millllllllllllll.

Pedrasnuas disse...

COM JANEIRO CINZENTO OU NÃO...COM DUAS OU TRÊS CABEÇAS ...PASSADO,PRESENTE E FUTURO...HAVEMOS NÓS DE PASSAR...E HAVEMOS DE SINGRAR...ÀS VEZES NÃO TER MUITAS EXPECTATIVAS ...É BOM PORQUE NÃO NOS ILUDIMOS...E O QUE TIVER DE ACONTECER,ACONTECERÁ...DESEMBARAÇA-TE DO MEDO E DAS INSEGURANÇAS...PORQUE PESAM NA EMBARCAÇÃO E BOA VIAGEM...

BEIJOKAS DESTE LADO DO OCEANO

Anónimo disse...

...GOSTEI DESTE LILÁS....

Fragmentos Culturais disse...

... uma introspecção partilhada muito sensível!

Verdade! Este Janeiro tem sido tristonho! Só nestes dois últimos dias, o sol reapareceu por aqui... frio, mas lindo! Dá logo outro ânimo, não é mesmo?!


Um beijo,
('O Turista' tem 'Janus' em algumas cenas chave)
:)