quinta-feira, setembro 10, 2009

Figos

São mais saborosos comidos quando apanhados …um a um, e zás....
É nesta época que as figueiras nos oferecem os melhores figos, se o tempo permitir, como é o caso. Esta foi plantada por mim (com ajuda claro, do mais que tudo) tinha ela escassos 50cm, e apenas um tronco sem folhas.
Ao 2ºano já dava figos! Tem sido mimada estes anos todos e assim vai cumprindo a sua missão dando cada vez mais e mais....Um dos meus prazeres do quintal!!!



"Na parede de uma tumba egípcia, uma pintura de mais de quatro mil anos regista uma colheita de figos. Centenas de anos depois, estes frutos — talvez dos primeiras a serem cultivados — eram vendidos para a Grécia. O poeta Homero celebrou o figo nos seus poemas e o ingrediente tornou-se o principal alimento dos primeiros atletas olímpicos. Tão divinos eram o sabor e as propriedades da fruta, que à sua árvore foram reservadas outras tradições. A copa generosa de uma figueira abrigou os gémeos Rómulo e Remo, fundadores de Roma (sec VIIIAC imagine-se…) e, mais a oriente, ofereceu um local ideal para as meditações de Buda."

21 comentários:

MagyMay disse...

Por estas (saborosos até a limite)e por outras (com uma história ancestral) é que adoro figos!!!!!

Beijos a imaginar figos

Graça Pereira disse...

A figueira trás-me doces recordações...tão doces como o seu fruto! Parabens pelo quintal!Um beijo Graça

tulipa disse...

Este blog este espaço parece-me o paraiso...
Desculpa dizer isto, mas que inveja...

um abraço
tulipa

Justine disse...

É mesmo um manjar dos deuses!
Tenho uma dessas no jardim, e ainda tooooodas as figueiras da aldeia, que os vizinhos me oferecem, dizendo que se eu não os como vão para os animais! Agora imagina como são os meus passeios matinais por aqui, assim tipo: "como andar a pé uma hora sem gastar calorias, antes pelo contrário":))

Avelaneira Florida disse...

Por isso é que uma amiga nos ofereceu uns magnificentes figos!!!!
Que foram generosamente degustados...

mas eu prefiro-os já sequinhos e bem passados, com nozes, e um chá quentinho ou uma broa de inverno!!!!
espero que me desculpem este "mau gosto"!!!!!

Bjkas!

poetaeusou . . . disse...

*
apanhados da figueira,
lavá-los ?
quero lá saber dos virus
ou do chumbo dos tractores,
srsrsr,
,
nem do versinho
que cantava a minha avó,
,
oh meu amor, meu amor,
já não és o meu amor,
eu não sou como a figueira,
que dá figos, sem flor,
,
conchinhas, deixo,
,
*

Anónimo disse...

Ainda ontem na nossa habitual caminhada apanhámos figos....
imagina que a figueira tem figos pretos no centro e à volta são brancos....bom apetite...
beijos.
candida

mfc disse...

Figos pingo de mel... hummmm!
E compota de figos?!

Vicktor disse...

Querida Lilá(s)

Figos… um fruto que muito aprecio quando começam a estalar, no ponto certo do seu amadurecimento, e que aqui partilhas de uma forma tão real… que sinto o aroma e o sabor que deles emanam.

Uma bela montagem fotográfica em tons de verde, pois o lilás está guardado no seu interior…

Beijinho.

.Lis disse...

Enquanto lia me deliciava pensando em compotas de figos, como lembrou bem o mfc. Figos verdinhos ao creme de leite!
Quintal devia ser um lugar sagrado, é onde vamos pra relaxar à sonbra de figueiras ... rsrsrs
UM abraço, é sempre muito gostoso vir nesse espaço lilás.

Sara disse...

A natureza é incrível, mesmo nas coisas simples que nos oferece. Os figos são alguns dos seus exemplos, qual fruto do seu saber... Beijos

Chris disse...

Lembro-me sempre das férias que passava no Algarve, quando criança...
Um beijo
Chris

Anónimo disse...

Humm... Acho que já cá estou a sentir o cheirinho!
Não gosto de figos, mas adoro o cheiro das figueiras nos dias quentes e também dos figos secos que a minha avó guardava na gaveta!
Fazem-me lembrar o Algarve de quando era pequena, com o corpinho bronzeado que sabia a sal e os eternos calções de menino que tinham passado do meu primo e que eu não largava. Recordações felizes...

Obrigada Lilás!
Rita

GATO FACEIRO disse...

Na minha casa qdo criança havia ums figueira...boas lembranças

Vieira Calado disse...

É um dos meus frutos favoritos.

Só lhe tiro o pé.

O resto... zás... vai dum trago!

Bom fim de semana.

Milu disse...

Gosto imenso de figos, mas, por incrível que pareça é raro comê-los. Quando era pequenita gostava de ir aos figos, depois da barriga cheia e com os lábios a arder empoleirava-me num ramo da figueira e ali ficava a balouçar tempos infindos.
Um bom Domingo,
Um beijinho.

GatosMania disse...

Olá

Passei só para dizer, para ir até meu blog... tem lá um selinho!
Beijinhos

Anónimo disse...

....gosto imenso de figas e de figas, qd são bem feitas.
Assim destes gosto mais pq são KORIGOS, a minha especialidd---

♥ ♥ Eu disse...

Hj em dia é muito difícil poder ver uma figueira, mas há uns anos, um vizinho possuia uma e foi uma maravilha poder acompanhar o desenvolver desse fruto tão delicado e docinho.

bjos e linda tarde de domingo prá vc!

A Magia da Noite disse...

a natureza oferece-nos tantos prazeres que por vezes nem reparamos quão felizardos somos.

Fragmentos Culturais disse...

... a fotografia é 'apetitosa', a descrição histórica é convincente, mas... é um dos raros frutos que não aprecio! E no entanto, adoro fruta!!
Quase meu alimento fundamental!

Um 'post' muito fresco! O verde lindo!

Um beijo,
Pelo olhar em 'fragmentos', sensibilizada!