Perfume de Jacarandá

Quem és tu. Quem és tu que assim vens pela noite adiante, Pisando o luar branco dos caminhos, Sob o rumor das folhas inspiradas? Sophia de Mello Breyner Andreson

terça-feira, fevereiro 23, 2010

Alecrim

Em primeiro lugar alecrim é uma palavra foneticamente bonita.
Depois, bem depois é a natureza sempre a alegrar-nos, a compensar-nos.
O alecrim encanta-me não só pelo aroma e beleza visual, mas também porque Cá na Aldeia são “aos molhos”; floresce quase todo o ano e não necessita de cuidados especiais.
O nome alecrim é usado para referir outras espécies, como o rosmaninho. No entanto alecrim e rosmaninho, pertencem a dois géneros completamente diferentes, o Rosmarinus e a Lavandula, respectivamente. As diferenças podem ser comparadas entre a forma e a coloração-intensidade da flor. Haverá alguém que não goste de alecrim do campo? Não acredito.




(alecrim da Aldeia-Lar)

45 Comentários:

  • Às 23 de fevereiro de 2010 às 19:16 , Blogger Mona Lisa disse...

    Olá

    Hummmm...senti-lhe o cheiro e ouvi-me a cantarolar... "Alecrim...alecrim...aos molhos"...

    Acho-o simples e terno.

    Bjs.

     
  • Às 23 de fevereiro de 2010 às 20:15 , Blogger maria teresa disse...

    Eu adoro... e aprendi em pequena, já não me lembro com quem, a fazer "bonecas" que depois se colocavam nas arcas e nas gavetas.
    Abracinho

     
  • Às 23 de fevereiro de 2010 às 21:51 , Blogger Pérola disse...

    Amiga obrigado pela visita.
    Estou numa correria danada,mas eu volto no fds ok.
    Um beijo grande.

     
  • Às 23 de fevereiro de 2010 às 22:43 , Blogger Chica disse...

    eU ADORO ALECRIM,EM BATATAS ASSADAS NO FORNO, EM FRANGOS, CARNES, TUDO...e DIZEM TER UM GALHINHO EM CASA, AFASTA NEGATIVIDADE...BEIJOS,CHICA

     
  • Às 23 de fevereiro de 2010 às 23:20 , Blogger Canduxa disse...

    Lilás,

    Aos molhos, no jardim ou no campo o alecrim é sempre apreciado pelo seu perfume e flores tão simples.
    Sou apaixonada por alecrim... umas batatinhas assadas com alecrim são uma verdadeira delícia.

    Tudo que é simples tem encanto!

    beijinhos

     
  • Às 24 de fevereiro de 2010 às 12:25 , Blogger Pedrasnuas disse...

    "ALECRIM AOS MOLHOS ..POR CAUSA DE TI CHORAM OS MEUS OLHOS"...DESDE CRIANÇA QUE OUÇO FALAR DE ALECRIM...

    BEIJO

     
  • Às 24 de fevereiro de 2010 às 12:33 , Blogger Pelos caminhos da vida. disse...

    Que seu dia seja realmente um otimo dia...
    Que suas horas sejam cheias de felicidades...
    Que seu entardecer seja o mais maravilhoso...
    Que o seu anoitecer seja carinhosamente depositado por Deus!

    (Vilma Galvão).

    Bom dia!

    beijooo.

     
  • Às 24 de fevereiro de 2010 às 14:54 , Blogger lis disse...

    Ih amiga Lilá
    Eu amo essas florzinhas , o cheirinho do alecrim. Tudo que vem do campo, as flores silvestres são especiais, difícil ficar indiferente.
    Hoje postei uma musiquinha sertaneja , antiga e um por do sol de Alentejo escandalosamente bonito!! e nos faz lembrar o campo, as plantaçoes ,os perfumes e principalmente as serenatas, os amores perdidos ou nao rsrs as lembranças.
    E voce me mostra aqui outro lado, o perfume do campo , o alecrim .
    que acontece ? sommos romanticas todo dia não?
    beijinhos

     
  • Às 24 de fevereiro de 2010 às 15:49 , Blogger Rita disse...

    Mas é cá um cheirinho que até se pode dizer "Hum... cheira a Aldeia-Lar!"
    Os aromas, às vezes mais que as imagens, ficam impressas na nossa memória de modo indelével e o cheiro do alecrim recorda-me coisas boas...

    Bjs.

     
  • Às 24 de fevereiro de 2010 às 21:34 , Blogger Apenas eu disse...

    alecrim... lindos e aromáticos...
    bonito o teu slide show tão bonito como a tua partilha...

    eu também acho que não há ninguém que não goste de alecrim do campo, mas tenho a certeza que há muita gente sem tempo e perdida com coisas que pensam ser muito importantes....

    entendes-me? aí não entendem a beleza das pequenas coisas,,,


    o teu blog é um pedaço de céu.

     
  • Às 24 de fevereiro de 2010 às 21:54 , Blogger Lilazdavioleta disse...

    É bem menos exuberante que a alfazema , mas também o amo .As suas pequeninas flores azuis e o aroma ... remete-nos para roupa lavada e cheirosa .

    A natureza mostra-nos tanta beleza e muitas vezes , lamentavelmente , não a vemos .

    Um beijo ,
    Maria

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 00:53 , Blogger Dalva disse...

    Hum... que post mais cheiroso, Lilá(s)! Lembrou-me a infância: minha avó enchia nossos travesseiros com alecrim (dizia que acalmava o sono)...

    Bjs.

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 10:03 , Blogger des-encantos disse...

    ...gosto e gosto tb de cozinhar com ele...simples ou aos molhos...

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 10:03 , Blogger des-encantos disse...

    ...gosto e gosto tb de cozinhar com ele...simples ou aos molhos...

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 10:24 , Blogger O Báu da Mimi disse...

    Olá...

    Lindo, amei (:

    Beijinhos**

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 10:37 , Anonymous Anónimo disse...

    Alecrim aos molhos, quem não gosta?
    linda lilás, adoro este espaço.

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 12:26 , Blogger Justine disse...

    O alecrim é uma planta magnífica, não só sob o aspecto estético, como também pragmático: uma carne no forno aromatizada com alecrim fica divina:)))Um chá de alecrim faz bem a tudo:)))

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 12:45 , Blogger A.S. disse...

    Lilá(s)...

    Senti aqui o delicioso aroma do alecrim!...


    Beijos
    AL

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 14:26 , Blogger Teresa disse...

    Gosto muito do cheirinho do alecrim, enfiado em pequenos sacos de pano perfuma as gavetas e prateleiras. Mas também é muito agradável nos cozinhados de forno.
    Bjs

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 17:59 , Blogger Bill Falcão disse...

    Nem eu!
    Bjooo!!!

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 18:16 , Blogger Silvana Nunes .'. disse...

    Nossa, daqui estou sentindo o perfume. Eu adoro alecrim, no peixe, no frango. Hum...
    Só escutei dizer que o chá não faz muito bem para quem tem pressão alta.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom dia para você.
    Saudações Florestais !

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 19:33 , Blogger Valéria Gomes disse...

    Ah!!! Que saudade do campo e do mato. Tanto tempo neste arranha-céu, que só faço sonhar com as coisas simples e puras do campo. Recordar o perfume e o gosto do alecrim, fez-me saltar o coração de saudades.

    Obrigada por provocar tão saudável lembrança!

    Beijo de alecrim, para ti!!!

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 20:26 , Blogger Mariazita disse...

    Este blog hoje está perfumado!...
    Adoro o alecrim. Tanto que, há tempos, fiz um post sobre o alecrim.
    Sabes que há uma lenda muito bonita sobre a cor do alecrim? Um dia destes vou publicá-la no "Histórias".

    Vou descer um piso :) porque tenho andado com uma enorme falta de tempo, e "escaram-me" os dois ou três posts últimos.

    Até já.
    Beijo
    Mariazita

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 21:15 , Blogger Há.dias.assim disse...

    E o seu chá é milagroso. Também costumo pro um pouquinho na comida.

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 21:37 , Blogger Multiolhares disse...

    Também não acredito, pois é lindo e aromático
    beijitos

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 23:00 , Blogger AFRICA EM POESIA disse...

    Adorei estar aqui...

    é o aroma do alecrim que eu tenho no meu jardim...

    Um beijinho...


    50.000 Visitas


    ACONCHEGO




    Poesia...
    Tantas vezes...
    Tão pequenina...
    E que tanto...
    Encerra...

    ...

    Hoje...

    ...

    Sem nada escrever...
    Apenas a pensar...
    Sinto que...
    Apenas a poesia...
    É o meu aconchego...

    LILI LARANJO

     
  • Às 25 de fevereiro de 2010 às 23:49 , Blogger Vieira Calado disse...

    Por uns olhos de alecrim choram os meus olhos...

    bjs

     
  • Às 26 de fevereiro de 2010 às 00:43 , Blogger Graça Pereira disse...

    Gosto do cheiro do alecrim no meio das roupas ou desfazê-lo entre as mãos e sentir a natureza ali tão perto... Já tive por duas vezes alecrim no jardim e morreu! Será porque os meus olhos choram muito?
    Beijo amigo
    Graça

     
  • Às 26 de fevereiro de 2010 às 02:59 , Blogger Fragmentos Culturais disse...

    Tal como tu, adoro alecrim! E também gosto imenso de rosmaninho!
    As flores campestres são para mim especiais! Pela simplicidade, pelos aromas frescos e autênticos, pelas 'pinturas' que podem transformar as paisagens!

    Um beijo,

     
  • Às 26 de fevereiro de 2010 às 10:38 , Blogger poetaeusou . . . disse...

    *
    alecrim, alecrim,
    aos molhos,
    por causa de ti,
    trago aqui os meus olhos,
    ,
    conchinhas,
    ,
    *

     
  • Às 26 de fevereiro de 2010 às 11:05 , Anonymous A Magia da Noite disse...

    é deste alecrim, que por ái há aos molhos, que por vezes nos faz chorar os olhos.

     
  • Às 26 de fevereiro de 2010 às 11:39 , Blogger MagyMay disse...

    Lembro a cantiga... lembro o aroma

    Beijo e um raminho de alecrim

     
  • Às 26 de fevereiro de 2010 às 11:41 , Blogger margusta disse...

    Amiga Lilá(s),
    ...voltarei um dia destes!

    Um beijinho perfumado de Alecrim... :)

     
  • Às 26 de fevereiro de 2010 às 17:43 , Blogger Fa menor disse...

    Eu gosto. Tenho um pé de alecrim no meu jardim. Lindo mesmo!

    Beijos

     
  • Às 26 de fevereiro de 2010 às 21:22 , Blogger tulipa disse...

    Quando passo por aqui fico sempre maravilhada...
    um abraço
    tulipa

     
  • Às 26 de fevereiro de 2010 às 21:32 , Blogger Avelaneira Florida disse...

    HUUUUUMMMMMMMMMMM!!!!!
    que fragância!!!!!!
    adoro rosmaninho, alecrim,alfazema!!!!!

    Bom fim de semana, com todos os bons cheiros!!!!!!

     
  • Às 26 de fevereiro de 2010 às 22:31 , Blogger Juliana Paez disse...

    Adorei visitá-la, prometo voltar com mais calma para me deliciar com suas palavras!!!

    Adorei seu espaço!!

    Bjos da Ju

     
  • Às 27 de fevereiro de 2010 às 09:22 , Blogger Vicktor disse...

    Querida Lilá(s)

    Contam os mais velhos que nesta região onde vivemos se colhiam e secavam em estufas muitas ervinhas de cheiro, muitas das quais de efeitos medicinais.

    Entre elas o ALECRIM.

    O melhor dote que poderiam dar a um rapaz à nascença era uma burrita, com a qual, mais tarde, andava montes e vales, matas e charnecas, a colher essas ervas e plantas que eram depois de tratadas vendidas para Lisboa.

    Além da muita sensibilidade que colocaste nesta postagem, assumu-a como homenagem às gentes que ajudaram a construir a nossa terra.

    Beijinhos.

     
  • Às 27 de fevereiro de 2010 às 16:04 , Anonymous Listel disse...

    Minha Querida Lilás,
    Que maravilha é seu blog...mas com cheirinho a alecrim, hum!...
    Também adoro, e tenho um pé na minha hortinha. Não faço coelho à caçadora sem alecrim.
    Um grande beijinho e abraço apertadinho.

     
  • Às 27 de fevereiro de 2010 às 17:32 , Blogger uminuto disse...

    eu adoro...pelo aroma, pela beleza e porque é um belo tempero
    um beijo

     
  • Às 27 de fevereiro de 2010 às 18:11 , Blogger Pérola disse...

    Boa tarde minha querida.
    Vim te deixar um beijo.

     
  • Às 1 de março de 2010 às 00:33 , Anonymous Milu disse...

    Conheço bem as duas espécies, pelo que me lembro o rosmaninho dá umas florinhas lilazes, enquanto o alecrim é mais miúdo,e com aroma mais delicado. Em tempos, subia serras e calcorreava matos, e conhecia imensos arbustos, por vezes sinto saudades desses tempos, em que fui meio selvagem, em que comungava plenamente com a natureza. Muitas vezes fui à apanha de urze, alecrim e rosmaninho para fazermos as fogueiras dos santos populares: Sto António, São João e São Pedro, dançávamos ao som de um gira discos, músicas do Roberto Carlos e de Nelson Ned, que eu tanto gostava. Um dia, quando estava em casa de uma amiga, coloquei o mesmo disco de vinil tantas vezes que em dada altura até me pareceu que ele estava quente, de tanto ali andar a girar sob a agulha! Também gostava de saltar a fogueira, que crepitava de estalidos e fagulhas. O cheiro do mato queimado até recendia, perfumando tudo à volta.
    Um beijinho

     
  • Às 1 de março de 2010 às 14:44 , Blogger Sara disse...

    Contigo estou sempre a aprender:)

    Tenho vários saquinhos cheios de alecrim nos armários e gavetas lá de casa e adoro sentir-lhe o cheiro. No entanto, onde gosto mesmo de usufruir da beleza e do seu perfume é na natureza. Bjs

     
  • Às 1 de março de 2010 às 22:42 , Anonymous Matriz disse...

    Alecrim é rosmarinos officinalis.
    Alecrim é a minha recordação de pequena.
    Alecrim é o perfume suave que me leva longe.
    Alecrim é o regalo para o meu olhar com as suas mimosas flores azuis iguais aos meus olhos...
    Alecrim é o delicioso chá.
    Alecrim é ALEGRIA.
    Mts bjs e abç

     
  • Às 6 de março de 2010 às 13:24 , Blogger MZ disse...

    Hummmm que cheirinho....
    este perfume é inconfundível!


    Sim e também a canção... Alecrim, alecrim aos molhos...

    ÉS linda Lilá(s)!
    Um grande xi-coração.

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

 
Free Flower Cursors at www.totallyfreecursors.com